Advertisements
Anúncios

Cai outra “Pirâmide”: Justiça Federal bloqueia bens de facção criminosa BBOM

Recentemente a empresa de práticas criminosas de Pirâmides financeiras denominada TELEXFREE foi impedida de operar por decisão judicial, além de ter seu bens e de seus proprietários confiscados.

Agora, em nova decisão judicial, dessa vez da 4ª Vara Federal de Goiânia, a Juiza Luciana Laurenti Gheller, impôs liminar proibindo outra facção criminosa, a BBOM, de cooptar novos “otários” no mercado.

Cerca de 300 mil pessoas, que acreditaram na moleza do dinheiro fácil, ficarão a ver navios, assim como outros “espertalhões” que dançaram no golpe da TELEXFREE.

R$ 300 milhões foram congelados das contas da BBOM, além de cem veículos, entre eles duas Ferraris, um Rolls Royce e quatro Lamborghinis.

Luxo financiado pelo dinheiro dos que foram vítimas dos golpes.

Toda a rede criminosa foi paralisada pela Justiça Federal, englobando as contas na EMBRASYSTEM (BBOM), UNEPXMIL, BBRASIL e seus proprietários, entre eles Ednaldo Bispo, que apesar do sobrenome e dos hábitos semelhantes aos de “bingos” evangélicos, nada tem a ver com a religião.

Resta agora aos que acreditaram na ladainha da troca do trabalho pela “Moleza” do golpe anunciado, chorar na cama, de mãos dadas, e aguentar a ira doutros “otários” que convenceram a participar da “operação.”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: