MP-SP pediu à Sergio Moro informações sobre vice do Corinthians

Delatado por dirigentes da Odebrecht como preposto do deputado federal Andres Sanches (PT) para receber “agrados” da Odebrecht, no objetivo de facilitar a vida da construtora nas obras do estádio de Itaquera, o vice-presidente do Corinthians, André Negão, não está sendo investigado apenas na Operação Lava-Jato, da Polícia Federal.

Logo após a condução coercitiva do dirigente, ocorrida menos de um ano atrás, que acabou se transformando em prisão por porte de duas armas de fogo, o MP-SP solicitou ao Juíz Sérgio Moro informações sobre o caso.

O ofício, assinado pelo promotor Marcelo Camargo Milani, cita diretamente o nome de André Luiz de Oliveira, o André Negão.

Comprovação de que existe, em São Paulo, uma segunda linha de investigação sobre desvio de conduta de dirigentes alvinegros nas obras de Itaquera, que pode complementar, talvez, o que já é apurado pela PF.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

One Reply to “MP-SP pediu à Sergio Moro informações sobre vice do Corinthians”

  1. Paulinho, esses dirigentes, sendo provado e eles condenados por receberem “benefícios” por contratos assinados em prejuízo ao Corinthians, tem como serem expulsos do clube?

    Se for o caso, tem como cobrar deles eventuais prejuízos?

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.