Advertisements

Arenas novas, mentalidade antiga, negócio da China

Nem chegamos ainda à Copa do Mundo de 2014 e já se pode constatar o crime de lesa pátria realizado nas modernas (?) arenas recém construídas, muitas delas com dinheiro público.

E não se trata de falar do óbvio superfaturamento, mais escancarado do que calcinha de destaque em escola de samba.

Os novos estádios brasileiros são como as réplicas de celulares enviados ao Brasil pelo mercado chinês.

Lindos, plastificados, porém não duram mais dos que alguns meses.

A razão, tanto para a pouca durabilidade dos referidos celulares, quanto das Arenas brasileiras é a mesma: utilização de material vagabundo.

No caso dos celulares, aos menos, o valor de compra é condizente com a porcaria vendida, ou seja, bem abaixo do praticado no mercado, porém, a situação dos estádio é bem diferente.

Lixo por preço de Ouro, assim como eram vendidas as ações das empresas “X”, do “Forrest Gump”, ex-empresário “importante”, Eike Batista.

Gramados indignos de servirem como pastos, cadeiras que se quebram à menor trepidação, banheiros que não funcionam adequadamente, acabamentos trincados ou totalmente quebrados com pouquíssimo tempo de utilização, entre outros incontáveis problemas.

Além disso, para finalizar, continua-se com a triste cultura de separar torcedores e equipes rivais como se fossem gados, cada um no seu cercado, facilitando a formação de facções organizadas.

Um desrespeito ao Estatuto do Torcedor, àqueles que deveriam ter o direito de escolher em que local do campo preferem sentar.

Ontem, por exemplo, na Fonte Nova, a imagem mostrava torcedores do Corinthians espremidos na área determinada pelos organizadores do evento, muitos deles, em plena modernidade de estádio, fora das cadeiras, obrigados a se sentar nas escadas de cimento, como ocorria no passado.

É a cultura da incultura, que impede a civilidade, junto com a do “toma-lá-dá-cá”, que certamente condenarão as “moderníssimas” arenas chinesas do Brasil a serem reformadas em curto espaço de tempo, formando assim novo meio de sustento para a ladroagem habitual.

Advertisements

Facebook Comments

19 Responses to “Arenas novas, mentalidade antiga, negócio da China”

  1. Invejão 2013 Says:

    E a manifestação contra o Fielzão no Viaduto do Chá? Foi boa?

  2. dreamer Says:

    e como eu disse outra vez o morunbi tem 50 ANOS E TA AI FIRME E FORTE.

  3. Invejão 2013 Says:

    http://youtu.be/gHGcVUDzQH0

  4. ITAQUERÃO uma vergonha com $ público! Says:

    Calma! A maior vergonha brasileira chamada ITAQUERÃO de Itaquera, ou Arena São Paulo, ainda dará muitas péssimas notícias aos brasileiros.

  5. Juvenal - O Encantador de Bambis Says:

    Preciso fazer outra nota na Folha. Preciso desfiar o foco rápido, pois as meninas estão acordando!!

  6. Wilson Says:

    Paulinho o que é incultura? e o que você qui dizer com: “É a cultura da incultura”?
    No aguardo

  7. Juvenal - O Encantador de Bambis Says:

    O Morumbi tem 50anos e ta ai firme e forte?!?!?!?

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ESSA FOI BOA KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ESTÃO VENDO, COMO EU CONSIGO ENCANTAR(ILUDIR) FÁCIL ESSAS MENINAS

  8. Eduardo Says:

    Paulinho você como jornalista ja devia ter ido visitar uma arena…..ate a do corinthians que esta sendo construída ai sim omitir opinião a respeito delas.

    Paulinho: Já visitei, várias…

  9. CPI da Copa Says:

    https://www.facebook.com/CpiDaCopa

    CPI da Copa é obrigação
    Abrace essa causa

  10. Pai Atanázio de Ogum Says:

    Temos que transformar as arenas em prisões de segurança máxima, Maioridade penal após largar a chupeta!

  11. Delegada Helô Says:

    A Arena OAS (Grêmio) em poucos meses já necessita reformas. Já o majestoso Beira rio, com mais de 40 anos sofre uma reforma, pois sua estrutura sempre foi sólida.O estádio do Inter,além de ser particular, usou recursos próprios e uma parte foi empréstimo junto ao BNDES (237 milhoes) com garantias sufientes para quitar o debito, posto que possui patrimônio que garante isso e rendas futuras da exploração de varias áreas no estádio e fora dele. Somos mais de 100 mil sócios. Boa parte destes sócios torcedores construíram literalmente o gigante da Beira Rio, doando material de construção, dinheiro e até mão de obra. Conheçam a história e vejam que é possível para uma torcida construir o estádio de seu time do coração.Mas parece que é mais fácil ganhar do governo e fazer todos os brasileiros pagarem a conta. Acorda Brasil!

  12. Nave Espacial Allianz 2014 Says:

    Tudo que é constrúido com DINHEIRO PÚBLICO é precário, superfaturam as obras em milhões mas quase metade desse dinheiro é DESVIADO para o bolso de alguns pilantras, as arenas da copa não fogem disso…
    Alguém viu como estava o gramado de Brasilia no jogo do Fla? RIDICÚLO!!!
    Não dou 6 meses pra essas arenas cairem aos pedaços, outro dia fui na casa de um amigo em Itaquera e também deu pra perceber a PRECARIEDADE da obra, JURAM MESMO QUE SERÁ UMA ARENA?

    Por essas e por outras que tenho CERTEZA ABSOLUTA, que o Allianz Parque será DISPARADO, a melhor arena do Brasil…
    Só de estar sendo feito com DINHEIRO PRIVADO JÁ ESTÁ EM UM PATAMAR MUITO ACIMA…

    VÃO TER QUE ENGOLIR Á SECO MEU VERDÃO !!!!

  13. Fernando Gentil Rodrigues Says:

    Não se esqueçam que o trambolho do morumbi,TAMBÉM foi construido com dinheiro publico….talvez, as causas dos inumerosos problemas cronicos que o trambolhão apresenta !!!

  14. Nave Espacial Allianz 2014 Says:

  15. Fred Says:

    Estádio municipal de Itaquera

    Maior símbolo da corrupção, safadeza, descaso do $$$ público e ladroagem do Brasil

    Ainda veremos as Galinhas malditas pagarem por essa insanidade absurda e corrupta

    Gentalha safada e nojenta!!!

  16. SID ROCK,Resende/RJ Says:

    -é Paulinho o descaso com o dinheiro público e só vamos sentir falta quando a gente precisar do governo para saúde,segurança e educação.Quando precisarmos desses itens básicos para um brasileiro ai vão ter que chorar lá nos estádios/arenas.
    -Paulinho queria muito que investigasse o caso do internacional que vai jogar num estádio com arquibancadas moveis e mais,a prefeitura local de Novo Hamburgo-RS vai bancar R$ 100 mil dos cofres públicos para fazer uma rua só para o time não se encontrar com a torcida.Me diga Paulinho,como essa mesma instituição (bombeiros) que vai liberar o estádio com arquibancada moveis levou mais de meses para liberar a Arena do Grêmio exigindo cadeiras,me explica isso!
    No artigo da CBF não teria que ser feito ANTES da competição fazer todos os laudos técnicos para liberação e não durante?
    – o Paulinho explica melhor isso ai,fora os R$ 180 mil so para 8 minutos de trajeto para o estádio beira-rio.
    -Me explica como pode isso,pq eu não entendo como o dinheiro da gente que trabalhamos muito para pagar impostos vai ser jogado na lata de lixo por interesse de outros visando futuras candidaturas.

    – do resto so orgulho de Palmeiras e Grêmio,únicos times que financiaram suas Arenas sem “auxilio do governo” com muita qualidade,exemplo para os outros que se dizem grandes mas não tem um pila para fazer uma arena dessente.
    -era isso,abração ai Paulinho!

  17. Pedro Says:

    O Site publicou notícias do Beach Soccer recentemente.

    Agora a CBBS fala uma coisa e a CBF outra.

    Veja o que fala a CBBS:

    http://cbbsbrasil.com.br/2013/07/andrey-valerio-e-o-novo-tecnico-da-selecao-brasileira/

    A CBF diz:

    O Sr. Luiz Flaviano Furtado é o Coordenador da Seleção Brasileira de Beach Soccer nas competições oficiais nacionais e internacionais e/ou amistosas promovidas pela FIFA e/ou BSWW.

    – O Técnico da Seleção Brasileira de Beach Soccer é o Sr. Hilton Santos Junior (Junior Negão) que oportunamente convocará a Seleção para a referida competição.

    – A Koch Tavares é a agência de marketing oficial da Seleção Brasileira de Beach Soccer.

    Quem está certo?

  18. Marco_Palmeirense Says:

    Paulinho escreveu: cultura da incultura, que impede a civilidade, junto com a do “toma-lá-dá-cá”

    É a sintese do Lulismo inculto e canalha dessa nação entre a uma máfia chamada PT.

  19. Joao vitor Says:

    Ao SID ROCK.
    Talvez não tenham liberado porque a tal arena estava se esfarelando toda, já que no segundo jogo quase acontece uma tragédia com aquela queda de alambrado.
    Quanto a não utilizar recursos públicos, dá uma lida no link abaixo:
    http://www1.folha.uol.com.br/esporte/1191709-gremio-usa-beneficios-fiscais-em-sua-arena.shtml

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: