Advertisements
Anúncios

Brasil vence a França após vinte e um anos

A Seleção Brasileira venceu a França, por três a zero, no triste gramado da Arena do Grêmio, interrompendo um período com mais de vinte e um anos de insucessos contra o adversário.

Gols de Oscar, que jogou bem, Hernanes, em homenagem a Mano Menezes, que o afastou do grupo após uma expulsão contra o mesmo adversário e Lucas, de pênalti.

Neymar, novamente, teve atuação discreta.

O primeiro tempo começou com o goleiro francês querendo fazer graça, aos 37 segundos, e Neymar quase se aproveitando para fazer o gol, dando boa impressão ao torcedor brasileiro.

Ledo engano.

A França se portou melhor, tocando melhor a bola, contra um Brasil que demonstrava claramente, até em jogadas ríspidas, seu nervosismo.

David Luiz chegou até a levar amarelo.

Gullavogui, aos 19 minutos, quase marcou de cabeça após cruzamento pela direita.

O jogo caiu um pouco após os 30 minutos, e só levou razoável emoção ao torcedor em duas tentativas da Seleção Brasileira, com Fred, aos 42 minutos, de cabeça, e Neymar, dois minutos depois, se jogando de carrinho em cruzamento rasteiro de Marcelo.

A Seleção Brasileira voltou um pouco melhor do meio para frente da etapa final e, logo aos 8 minutos, Luis Gustavo tomou a bola no meio-campo, aparentemente com falta, que sobrou para Fred na esquerda cruzar e Oscar, com categoria, abrir o marcador.

Dois minutos depois, o mesmo Oscar tentou de letra após cruzamento de Hulk, e a bola saiu à direita.

A França demonstrava algum cansaço e assustou apenas aos 14 minutos, quando David Luiz tentou cortar cruzamento e quase marcou contra, motivando ótima defesa de Julio Cesar.

Aos 19 minutos, Felipão tentando fechar um pouco mais a defesa, colocou Fernando no lugar de Oscar e Lucas no do sempre esforçado Hulk.

Um minuto depois, Fred quase marcou dentro da área, mas Lloris defendeu bem.

Jô substituiu o artilheiro do Fluminense, aos 25 minutos, que ainda se recupera de contusão.

Hernanes no de Luis Gustavo, aos 35.

E foi dele o segundo gol, batendo de primeira na entrada da área, após boa trama do Brasil no contra-ataque, ao 39 minutos.

Deu tempo ainda para Dante entrar no lugar de Paulinho e Bernard na vaga de Neymar.

E para Marcelo realizar grande jogada, aos 46 minutos, e ser derrubado dentro da área, em penalidade convertida por Lucas, com enorme categoria.

No final, a vitória serviu para dar um pouco mais de confiança a uma Seleção Brasileira que, pela primeira vez em sua história, disputará uma competição importante da FIFA sem grandes perspectivas de vitória.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: