Advertisements
Anúncios

Sobre as eleições na TV Cultura

Hoje o candidato único às eleições da TV Cultura, Marcos Mendonça, deve ser ratificado como presidente da emissora.

Decisão que somente não ocorrerá se a manobra, muito difícil, de impedir o quórum da votação, prometida por alguns, lograr êxito.

A grande questão, após a posse do novo presidente, é traçar os caminhos que devem ser seguidos pelo gestor, que já presidiu, anteriormente, a emissora, além de ter sido também Secretário de Cultura em São Paulo.

Por sinal, sem empolgar em nenhuma das gestões.

Há de se mudar a atual mentalidade de que a TV Cultura precisa ter atrações que, mesmo sem qualidade, possam concorrer em audiência com outras emissoras.

Um grave erro, que foge da premissa essencial de uma tv pública, que é educar o cidadão e dar-lhe alternativas para pensar, não seguir bovinamente o que pede a indústria do entretenimento.

Não importa quantas pessoas assistirão o canal, mas sim, tratar adequadamente aquelas que o fizerem.

Na Europa, os principais espetáculos de seus respectivos países encontram espaço nas grades das emissoras públicas para serem exibidos, enquanto, por aqui, precisam implorar por um mínimo de apoio.

Cultura e Jornalismo de qualidade devem ser a principal bandeira a ser encampada pela nova gestão, deixando de lado a ideia de se fazer igual ao que cada vez menos vem sendo prestigiado pelo público nos canais tradicionais.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: