Advertisements

Silvio Santos e a hipocrisia dos jornalistas

Durante a entrega do “Troféu Imprensa”, o dono do SBT, Silvio Santos, desabafou ao dizer que existem jornalistas que recebem dinheiro para criticar ou elogiar “A” ou “B”.

Silvio nunca foi um exemplo na condução do jornalismo de sua emissora, mas basta conhecer o meio para saber que suas palavras correspondem à verdade.

Em todas as profissões há bons e maus profissionais.

Os que se portam de maneira adequada não possuem motivo para se indignar com a declaração, menos ainda para proteger os que se encarapuçaram.

Porém, o que se viu nos dias subsequentes, foram diversos ataques hipócritas e corporativistas de jornalistas incomodados com a revelação.

Seja por ação ou omissão.

Todos pediam para Silvio Santos indicar os nomes de quem paga ou recebe nesse sistema.

Como se não soubessem quem são e, principalmente, que não há recibo para comprovar operações que precisam permanecer escondidas.

Pedir que Silvio revele os nomes, é atentar contra a inteligência do apresentador, além de jogar para a “galera”, sabedores que são os jornalistas que tal lista nunca poderá ser exposta.

A não ser que gravações, confissões, entre outros dificílimos meios de comprovação estejam disponíveis.

Silvio desabafou, falou a verdade e os jornalistas que não utilizam-se desses meios deveriam agradecê-lo, não dar subsídios aos bandidos para que se defendam.

A não ser que os indignados façam parte, de alguma maneira, do referido esquema.

Advertisements

Facebook Comments

25 Responses to “Silvio Santos e a hipocrisia dos jornalistas”

  1. catapulta Says:

    Duas palavras para o sr. Silvio Santos:

    Banco Panamericano.

    sem mais,
    catpulta

  2. dreamer Says:

    O QUE ELE FALOU TBM VALE PARA OS PSEUDOS JORNALISTAS ESPORTIVOS TIPO,NETO,MILTON NEVES,COSME RIMOLE,CHICO LANG,JOARES SOARES,FLAVIO PRADO E TODOS DA BAND E GLOBO.

  3. marcio Says:

    os que recebem para mentir:
    Osmar de oliveira,neto,chico lang,lixos de comentaristas do futebol Brasileiro.

  4. Salvatore Says:

    Este senhor, ex-proprietário do Banco Panamericano, salvo da bancarrota pela corja nazipetista que acabou comprando o já falido banco, é tão ‘criativo’ que os americanos tiveram a cara de pau de ‘copiar’ acintosamente o seu ‘Troféu Imprensa’ e fizeram o ‘Oscar”. O veterano apresentador deveria processá-los por plágio e levantar uma grana altíssima.

  5. Joao Todo Poderoso Says:

    1. O banco Panamericano quebrou, mas o Silvio Santos colocou todo o seu patrimônio como garantia.

    2. O banco BTG Pactual comprou o Panamericano
    O BTG Pactual é um dos principais bancos de investimentos do país. Tem à frente dois banqueiros agressivos, André Esteves, 41, e Pérsio Arida, 58.
    o Pactual recebeu um aporte de US$ 1,8 bilhão, feito pelos fundos soberanos da China e de Cingapura. Com a entrada desses recursos, o Pactual passou a ter um capital de US$ 4,3 bilhões.

    3. Silvio Santos tem uma história de mais de 50 anos de credibilidade e aos 81 anos não fugiria da responsabilidade. Inclusive muitos já fugiram do país por conta de rombos financeiros.

    Joga no google : Eike Batista: bilionário ‘made by’ PT e também quem foi o pai dele.

    Enquanto estão preocupados com o Panamericano o “homem mais rico do fundo” vai obtendo dinheiro para o grupo XCU – fabricante de zerda.

  6. Carlos Lima Says:

    Banco Panamericano foi alvo de nefasta administração – alguns apontam responsabilidade de seu genro.

    Este foi “salvo” por procedimentos legais da liquidação extrajudicial, onde outro banco assume os passivos e ativos. Banco, de fato, não vai a falência como outra Pessoa Jurídica qualquer.

    Existem interesses pela preservação patrimonial e de investimentos, dada natureza de sua atividade.

    Exemplo de mesmo procedimento temos o Bamerindus, que foi adquirido pelo HSBC.

  7. Carlos Lima Says:

    só esclarecendo — banco vai sim à falência! Mas não com “mesma facilidade”. É muito mais burocrático.

  8. Ayala Says:

    Neto é um deles… fala bem de quem lhe INTERESSA e de quem vai na merda do programa dele…

    CASO CONTRÁRIO ELE METE O PAU EM REDE NACIONAL

  9. Bizouro Kissuco Says:

    O trofeu imprensa veio depois do Oscar, Salvatore mané. Continue com suas piadinhas sem graça que eh melhor

  10. Adimilson Anderson Nunes Says:

    Flavio Ricco, comentarista de tv da UOL foi um dos que ficaram “revoltados” com a atitude de SS (até nisso, Sílvio Santos debocha, ele de origem judaica usando o símbolo da temida SS, esse cara é dez). Voltando ao “Riquinho”, ele pediu que SS desse nome aos bois. Mas a questão é que Ricco é um dos sujeitos que mais guardam mágoa com SS, sabe-se lá porque. Como ele gritou e esbravejou, creio que a carapuça serviu perfeitamente.

    No âmbito desportivo, ora pois, vários nomes. Sejam nomes de caras que recebem propina (grana) ou favores, dá na mesma. A lista é extensa e todos já sabemos quais são, mas é como adora dizer a torcida do meu Flu aos flamenguistas (Recordar é viver, Assis acabou com vocês…)

    – Herr Doctor Osmar – lembra e muito alguns nazistas
    – Neto, gordinho da 10 –
    – Chico Lang
    – Juarez “Caça-Niqueis” Soares
    – Edgar “171 Vale do Paraíba” Soares
    – MIlton “Vendi minha mãe” Neves
    – Fábio “Aprendi com meu pai” Lucas Neves (filho do dito cujo acima)
    – Flávio Prado (lobo em pele de cordeiro?)
    – Cosme Rímoli (que pensa que é um trovador, pelo modo que escreve suas colunas)
    – André “Eu sou o máximo” Rizek
    – Luís “Vendido” Ademar (ele comentando Sousa e Coritiba pela Copa do Brasil foi de dar caganeira crônica)
    – Ricardo “Sonia Abrahão” Perrone – só traz fofocas do Palmeiras, certa vez lancei um desafio a ele, trazer os podres do Corinthians, ele me bloqueou!
    – Ricca “Paga Pau de Carioca” Perrone – eu, como torcedor de time carioca, tenho vergonha deste ser energúmeno, que só está na internet para promover a xenofobia contra argentinos.
    – Leandro “Lesada” Quesada – vê-lo fazendo perguntas a Tite em Buenos Aires, de bonezinho, tentando pagar onda de malandrinho pelas ondas de La Boca, hahahaha, não tem preço
    – Eduardo “Finjo ser Lusa” Affonso – nem preciso comentar sobre este ser, refugiou-se na ESPN, parece-se com aqueles nazistas que se utilizavam das famosas “ratlines” criadas pelo Vaticano, em 1945 e que desembarcaram aos montes aqui na América do Sul
    – Nilson “Penso que sou alguém” Cesar – chapa-branca e pensa que é algo porque tem um blog na merda da UOL
    – Fernando Sampaio – torcedor chapa-branca, mas acho que desonesto, não é
    – Avalone – se enquadra na mesma categoria do FS mas acho que ser desonesto, ele não é. É apenas um bobão da corte

    Depois, enumero aqueles de outros estados…tão piores e bobos como os descritos acima…

  11. Salvatore Says:

    Bomba! Bomba! Bomba!

    Bizouro ‘Sherlock’ Kissuco fez a descoberta do século:
    “o Troféu Imprensa veio depois do Oscar”. Eis aí uma revelação que ninguém deste mundo sabia ou sequer imaginava. Genial! Creio que esta bombástica e reveladora notícia será manchete dos principais jornais do planeta.

  12. luiz Says:

    este sr,Silvio faliu o banco e deixou milhares na miseria.

  13. Cleber rodrigues Says:

    Cosmi rimoli disse essa semana que o CÚrintias só recebe dinheiro. Detalhe que me chamou atenção ele teve a cara de Pau de dizer que o CUrintias não tem nem uma DIVIDA. Aí eu Pergunto Paulinho cade a DIVIDA de 200 MILHÕES. Fora os 1 BILHÃO do ITAQUERÃO que vai entrar na conta. LIXO LIXO JORNALISTA IMUNDO esse COSMILI RIMOLI. Nesse caso eu dou razão ao SILVIO SANTOS.

  14. Gustavo Leite Says:

    Silvio Santos, o melhor apresentador da TV brasileira de TODOS os tempos!!!!

  15. Sérgio Says:

    Só informando aos desvisados que o super Banco Santander está falido, como a própria espãnha, mas isso ninguém fala né.
    A divisão América Latina já foi comprada por um grande banco privado de SP.

  16. Alemão Says:

    Observaram que há algum tempo o sr Milton Neves passou a elogiar o Curica.
    Não é estarnho? Não faz mais as bricadeiras que fazia com o analfaNETO e Osmar-dito de Oliveira.

    Alguma coisa aconteceu. Será que é o patricionio da CEF ?

  17. Larica Says:

    Quem acabou com o Banco Pan-Americano foi Luiz Paulo Rosemberg

  18. Osvaldo SEP Says:

    Os que criticam Silvio santos deve ter uma dor de cotovelo do caralho.

    Quanto aos jornalistas, dou 100% de razão para ele, conheço esse meio ha 15 anos, e ele não esta nem um pingo errado.

  19. Adimilson Anderson Nunes Says:

    O Gustavo deu uma ideia, acabei por achar outro vídeo, que mostra SS emocionado com Aracy de Almeida. E vejam como a Sonia Abrahão era gostosa!!!
    http://youtu.be/XSWjpnwlxNE

  20. Adimilson Anderson Nunes Says:

    Quem critica não tem só dor de cotovelo, tem vários problemas de auto-afirmação.
    http://youtu.be/pktjTm8c7dM

  21. edu Says:

    Esse troféu imprensa premia 95% do próprio SBT.
    tsc,tsc,tsc…

  22. Augusto Mello Says:

    Isso demonstra a verdade de Silvio Santos:

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/paulo-nogueira-stf-paga-viagem-de-jornalista-do-globo.html

  23. Diego Oliveira Santana Says:

    Edu, não estou aqui querendo defender o SBT e nem o Silvio Santos, mas dizer que o “Troféu Imprensa” premeia 95% da emissora que acabei de citar é brincadeira. Gostando ou não, o SS tem uma carreira sólida e isto ninguém pode negar, e outra, ele não disse nenhuma mentira ao referir-se aos jornalistas.

  24. Salvatore Says:

    Silvio Santos é um ser execrável que durante décadas só contribui com lixo, idiotices, boçalidades e grosserias para os néscios assistirem e ficarem embasbacados.

    Leiam o artigo abaixo e acordem para a realidade dos fatos.

    ‘A descoberta de uma bilionária fraude contábil levou o grupo Silvio Santos a fazer um aporte de R$ 2,5 bilhões no Banco PanAmericano, que tem como sócia minoritária a Caixa Econômica Federal.

    O dinheiro que propiciou a cobertura do rombo foi obtido por meio de um empréstimo ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC), criado em 1995 com objetivo de proteger os depósitos dos clientes do sistema financeiro no país.

    Hoje se sabe que esse rombo é resultado de ativos e créditos fictícios registrados por diretores do PanAmericano visando inflar os resultados e, suspeita-se, melhorar os bônus dos executivos.

    O que não se sabia é o que levou o governo federal a entrar nessa história, por meio da Caixa Econômica Federal, que pouco antes de se constatar um rombo bilionário, pagou mais de R$ 500 milhões por uma parte do PanAmericano de um banco podre.

    Mas, recentemente, como em um romance policial de péssima categoria, raios de luz começam a iluminar a trama. Uma doação de R$ 500 mil do Banco PanAmericano para Lula em 2006 foi descoberta por acaso e vem a público cinco anos depois.

    O repasse foi mantido em sigilo por todo este tempo porque o banco usou empresas de seus dirigentes para disfarçar a origem das contribuições.

    Segundo um relatório feito por auditores que examinaram os livros do banco no início deste ano, sete empresas foram usadas para repassar recursos da administradora de cartões de crédito do PanAmericano para o PT.

    A operação só foi descoberta agora em março, depois que o banco BTG Pactual assumiu o controle do PanAmericano e seus auditores começaram a analisar o que os antigos proprietários tinham feito na instituição. Como é seu dever, a PF abriu inquérito para investigar suspeitas de ocorrência de crimes eleitorais.

    Coincidências à parte, o fato é que durante a campanha de 2010, enquanto fazia uma passeata na Zona Oeste do Rio de Janeiro, há menos de uma semana para o fim da campanha, José Serra foi intimidado por um grupo de militantes do PT que lhe encurralou e lhe jogou objetos, um deles acertou a cabeça do candidato.

    Tal incidente ganhou uma versão estapafúrdia na rede de televisão de Silvio Santos, o SBT, que dedicou horas de seu noticiário para tentar minimizar o fato e desmoralizar o candidato, que, na época, concorria com a presidente Dilma, afilhada política de Lula.

    A versão apresentada pelos jornais do SBT visava mostrar que Serra não havia sido atingido por objeto capaz de causar qualquer dano e sim por uma bolinha de papel.

    O que não se sabia, à época, era a estreita ligação entre o governo do PT e o SBT e que a versão da bolinha de papel guardava uma concordância profunda e silenciosa entre a empresa de comunicação e o governo do PT na busca de ridicularizar e denegrir a imagem de seus opositores.

    Passadas as eleições, podemos melhor aquilatar o custo para a sociedade brasileira daquela famosa bolinha de papel, e quanto foi lucrativo para os diretores do PanAmericano ajudar Lula seu partido.

    Mesmo com pontos obscuros, ainda sobre o manto negro dos negócios escusos, mais uma vez o nome e a impávida figura do ex-presidente Lula aparece em um negócio malexplicado, cheio de reentrâncias, voltas e labirintos, típico da forma petista de governar.

    ———————————————————-

    Roberto Freire

    A descoberta de uma bilionária fraude contábil levou o grupo Silvio Santos a fazer um aporte de R$ 2,5 bilhões no Banco PanAmericano, que tem como sócia minoritária a Caixa Econômica Federal.

    O dinheiro que propiciou a cobertura do rombo foi obtido por meio de um empréstimo ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC), criado em 1995 com objetivo de proteger os depósitos dos clientes do sistema financeiro no país.

    Hoje se sabe que esse rombo é resultado de ativos e créditos fictícios registrados por diretores do PanAmericano visando inflar os resultados e, suspeita-se, melhorar os bônus dos executivos.

    O que não se sabia é o que levou o governo federal a entrar nessa história, por meio da Caixa Econômica Federal, que pouco antes de se constatar um rombo bilionário, pagou mais de R$ 500 milhões por uma parte do PanAmericano de um banco podre.

    Mas, recentemente, como em um romance policial de péssima categoria, raios de luz começam a iluminar a trama. Uma doação de R$ 500 mil do Banco PanAmericano para Lula em 2006 foi descoberta por acaso e vem a público cinco anos depois.

    O repasse foi mantido em sigilo por todo este tempo porque o banco usou empresas de seus dirigentes para disfarçar a origem das contribuições.

    Segundo um relatório feito por auditores que examinaram os livros do banco no início deste ano, sete empresas foram usadas para repassar recursos da administradora de cartões de crédito do PanAmericano para o PT.

    A operação só foi descoberta agora em março, depois que o banco BTG Pactual assumiu o controle do PanAmericano e seus auditores começaram a analisar o que os antigos proprietários tinham feito na instituição. Como é seu dever, a PF abriu inquérito para investigar suspeitas de ocorrência de crimes eleitorais.

    Coincidências à parte, o fato é que durante a campanha de 2010, enquanto fazia uma passeata na Zona Oeste do Rio de Janeiro, há menos de uma semana para o fim da campanha, José Serra foi intimidado por um grupo de militantes do PT que lhe encurralou e lhe jogou objetos, um deles acertou a cabeça do candidato.

    Tal incidente ganhou uma versão estapafúrdia na rede de televisão de Silvio Santos, o SBT, que dedicou horas de seu noticiário para tentar minimizar o fato e desmoralizar o candidato, que, na época, concorria com a presidente Dilma, afilhada política de Lula.

    A versão apresentada pelos jornais do SBT visava mostrar que Serra não havia sido atingido por objeto capaz de causar qualquer dano e sim por uma bolinha de papel.

    O que não se sabia, à época, era a estreita ligação entre o governo do PT e o SBT e que a versão da bolinha de papel guardava uma concordância profunda e silenciosa entre a empresa de comunicação e o governo do PT na busca de ridicularizar e denegrir a imagem de seus opositores.

    Passadas as eleições, podemos melhor aquilatar o custo para a sociedade brasileira daquela famosa bolinha de papel, e quanto foi lucrativo para os diretores do PanAmericano ajudar Lula seu partido.

    Mesmo com pontos obscuros, ainda sobre o manto negro dos negócios escusos, mais uma vez o nome e a impávida figura do ex-presidente Lula aparece em um negócio malexplicado, cheio de reentrâncias, voltas e labirintos, típico da forma petista de governar’.

    Roberto Freire

  25. edu Says:

    Quem diria o Silvio Santos falando sobre isso.
    Talvez ele tenha esquecido do episódio de 2001,quando a produção do “Domingo Legal” forjou uma entrevista com membros do pcc(que na verdade eram atores),sendo descobertos logo em seguida e proibidos de apresentar o programa???

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: