Advertisements

Não chore, Marin!

Da FOLHA

Por JUCA KFOURI

“Difícil se comover com o pranto e com a indignação do presidente da CBF e do Comitê Organizador Local”

QUEM CHORA somos nós. Chora a nossa pátria, mãe gentil.

Choram Marias e Clarices no solo do Brasil.

E choramos pela miséria a que está reduzido o nosso futebol, sob esta CBF dirigida tal e qual fosse pela dona de um bordel.

Por mais que saibamos que temos talento para virar o jogo, por mais que mantenhamos a esperança equilibrista.

Porque, se o show de todo artista tem de continuar, é constrangedor vislumbrar a cena de terça, quando a tarde caía feito um viaduto na sede da Casa Bêbada do Futebol, trajando luto e sem lembrar de Carlitos, o nosso Mané Garrincha.

Eram 27 cartolas de chapéu-coco, todos com brilho de aluguel.

Todos submissos, menos o que não foi, o presidente da federação mineira, talvez por tentar se equilibrar de sombrinha.

Como se fossem os irmãos do Henfil, os repórteres Leandro Colon, Martín Fernandez e Sérgio Rangel tinham publicado no mesmo dia, nesta Folha, a incrível história do prédio que custava R$ 39 milhões e foi comprado por R$ 70 milhões.

Fora os vazamentos com a voz de Marin humilhando o coletivo dos presidentes das federações estaduais, todos dispostos a fazer cena antes da assembleia para, depois de bons uísques, aprovar tudo por unanimidade. Não sem antes receber cheques entre R$ 100 e R$ 400 mil, para compensar a mesada, que é menos da metade do que recebem os atuais donos da CBF.

Evidente que tudo isso reflete diretamente em nossos campeonatos sem torcida e com audiência em queda e numa seleção que não comove mais o torcedor.

Canastrão, Marin não engana nem com suas lágrimas de crocodilo nem com sua simulada irritação.

Ao dizer que só sairá morto da CBF não lembra Getúlio Vargas, mas Chaves, o mexicano, do seriado da televisão.

Ninguém quer que Marin morra, ou que, aos 80 anos, seja preso.

O que se quer é que ele deixe nosso futebol, volte a desfrutar da vida com tudo o que amealhou nos tempos da ditadura a que serviu –como os documentos do SNI revelam sobre ele, segundo informaram, no UOL, do Grupo Folha, os repórteres Aiuri Rebello e Rodrigo Mattos.

Será demais pedir a cada estrela fria que Marin parta num rabo de foguete, se não para Boca Raton, como o colega que fugiu, mas, tudo bem, para Nova York, onde também tem luxuoso apartamento?

É que o futebol brasileiro anda de luto, chupando manchas torturadas, incapaz daquelas velhas irreverências mil nas noites, e nas tardes, do Brasil.

Chega de viver nas nuvens ou no fundo do poço.

É hora de passar o mata-borrão do céu e acabar com esta dor pungente que não haverá de doer inutilmente, mestres Aldir Blanc e João Bosco.

E que cada passo desta linha, de Ronaldinho a Neymar, seja para machucar o gol do rival, livre, azar, desta cartolagem equilibrista.

Que sufoco. Louco!

Advertisements

Facebook Comments

11 Responses to “Não chore, Marin!”

  1. dododabahia Says:

    Brilhante coluna Mestre Paulinho!

  2. Rubens Costa Says:

    Paulinho, bom dia! O Juca não tem moral para falar de ninguém, pois é omisso quanto ao seu “curintias” e também do Sanches. Fala do que quer, só não fala a verdade sobre o PT, pois petista é.

  3. Lampião Says:

    Marin sai entra Sanchez….

    Qual a diferença????

  4. Alex Franco Says:

    Fora MARIM, BAMBI assassino e imundo !!!!

  5. Fernando Correa Neto Says:

    Como diria mimha saudosa avó lagrimas de crocodilo. Quem esse senhor de 80 anos quer enganar com isso. No meu ponto de vista quem o segura na CBF são os presidentes de federações que em troca de favores continuam com sua velha politica. Me desculpa esse leitor que fala sai Marin entra Sanches, por incrivel que possa parecer a CBF tem estatuto e este diz que para ser presidente da entidade a pessoa entre outras coisas deve ser presidente de alguma federação.

  6. Gildo Says:

    Não entrando Sanchez o cara de brita, nem o ronaldo, talvez o Sr Koff, ou alguem DIFERENTE pra presidir a CBF

  7. Bizouro Kissuco Says:

    Perfeito, Rubens!

  8. fred Says:

    marin o inferno te espera kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  9. Mauricio Pereira Says:

    Jucão! Espertão voce como bem informado qué é, tem muita diferença entre o Andrés e o Marin?

  10. Mauricio Arruda Says:

    Coisa linda, esse texto do Jucam hein, Paulinho?
    Não precisava nem conteúdo, bastava sua forma genial!

  11. Mauricio Arruda Says:

    Aí está a minha errata:
    Coisa linda, esse texto do Juca, hein, Paulinho?
    Não precisava nem de conteúdo, bastava sua forma genial!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d blogueiros gostam disto: