Advertisements

Naviraiense/MS dá lição de humildade e faz história na Copa do Brasil

Em 2010, a equipe do Naviraiense/MS ficou conhecida em todo o país por ter sido eliminada da Copa do Brasil após sofrer goleada de um inspirado Santos por dez a zero.

Três anos depois, o mesmo clube, de maneira surpreendente, eliminou a Portuguesa, em pleno Canindé, empatando em uma a um, após resultado de zero a zero na primeira partida, emocionando não apenas o estado do Mato Grosso do Sul, mas todos aqueles que admiram a essência do verdadeiro futebol.

Sem recursos, a equipe viajou quase mil quilômetros de ônibus, exatos 986 km, para chegar à São Paulo, ontem à noite, véspera da partida.

Para se ter noção da dificuldade, Naviraí fica a 359 km de Campo Grande, principal cidade do Mato Grosso do Sul.

A folha salarial da equipe é de R$ 60 mil no total, com salários médios de R$ 1,2 mil.

Enquanto isso, jogadores como Valdivia, do Palmeiras, que a cada unha encravada fica seis meses sem jogar, ou Denilson, que alegou cansaço com 30 minutos, na última partida do Tricolor, ganham muito mais do que merecem, sendo tratados como reis em clubes de estrutura imensamente maior do que a equipe do MS.

Pois é.

A emoção do Navirainse foi tão grande que o Prefeito da cidade, Léo Matos (PV), esqueceu o protocolo e correu para a arquibancada, gritando e pulando com os torcedores da equipe, também heróis por terem percorrido distancia tão grande para torcer por uma missão que parecia realmente impossível.

Advertisements

Facebook Comments

17 Responses to “Naviraiense/MS dá lição de humildade e faz história na Copa do Brasil”

  1. André Luiz Says:

    Viu? Por isso que é dificil deixar de gostar de futebol.
    Mesmo com esses bandidos fazendo de tudo pra destruir essa paixão.

  2. Lampião Says:

    Isso que é torcida!!!

    Não uma torcida (?) que se diz “fiel” mas que só vai nos jogos porque a diretoria do clube entrega ingressos, passagens e SINALIZADORES!

  3. Helvio Says:

    São esses momentos que permitem que o futebol ainda tenha graça, brilho e ser ainda um esporte do povo. A alegria verdadeira, a felicidade de poder competir de maneira igual, sem esquemas sem arranjos… Parabéns ao futebol essa você ganhou…

  4. Erasmo Says:

    A façanha é inegável mas vamos aos fatos:
    1- O prefeito é fundador da torcida organizada do time.
    2- o prefeito financia com dinheiro publico o time principal e a categoria de base.

  5. Marcos Says:

    Desculpa Paulinho, mas contra a Lusinha não conta!!

  6. Pedro Says:

    A portuguesa é mais ou menos como o palmeiras, só que maior um pouco

  7. J4CK5 Says:

    Se o Corinthians conseguiu chegar em Tóquio (tudo bem, levou uma vida inteira), esses caras também conseguem…

  8. Alex Franco Says:

    Isso q é torcida, não uma torcida q se diz soberana(kkkkkkkkkkkkkk) e vai com pom-pom no estadio !!!!!

  9. Bananolândia Says:

    Erasmo, e daí? Em todo time de qualquer cidade de interior do Brasil ocorre isso.

  10. Bananolândia Says:

    Lampadinha, ou então uma torcida que se julga grande e que julga ter uma casa grande e bonita, mas que não consegue preencher os espaços da mesma.

  11. berba Says:

    Se isso os impressiona, deveriam conhecer o rugby!

  12. Frederico Says:

    um amigo gremista disse o Gremio-Rs para quase 1 milhão/mes ao Barcos, incluindo salarios, direitos de imagem e provavelmente algumas comissões.
    O que deve ser verdadeiro, já que ontem o Paulo Nobre disse que o Barcos saiu para ganhar 20% mais e ainda livre de impostos.
    Não é um absurdo? Onde isso irá parar?
    Não é por acaso que o clubes vivem quebrados e endividados. E dirigentes, agentes, empresários, joralistas, cada vez mais ricos. Futebol começa a ficar sem graça, tal como a formula 1

  13. Diego Says:

    Lampião senti uma pontinha de inveja nesse comentário ae hein …

  14. Sérgio Says:

    A gaviões está de mudança pra Mato Grosso.

  15. RGG Says:

    Paulinho! Aqui se faz aqui mesmo se paga!

  16. Helvio Says:

    Realmente esses times do interior são bancados por prefeituras. Aqui na minha cidade é assim também, e eu não concordo com isso, mas enfim o povo gosta de pão e circo. Mas na maior cidade do Brasil tem um clube bancado pelo governo federal e mesmo assim não acontece nada, o povo gosta de pão e circo…
    Muda só a qualidade do circo e do pão, mas o povo é o mesmo…

  17. Thiago F de Carvalho Says:

    COMENTÁRIO DO FREDERICO PERFEITO PARA O QUE PENSO SOBRE O FUTEBOL ATUAL,JÁ PERDEU A GRAÇA,JOGADORES DE QUINTO ESCALÃO GANHANDO FORTUNAS,ESSE SOUZA DO PALMEIRAS PEDINDO 240 MIL REAIS,AO QUAL JÁ FOI COMENTADO AQUI NESTE BLOG DE ÓTIMA QUALIDADE,É UMA AFRONTA.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d blogueiros gostam disto: