Advertisements
Anúncios

Messi sai do banco para salvar o Barcelona

Barcelona e PSG faziam uma partida igual até os 16 minutos da segunda etapa, momento em que o genial Lionel Messi, poupado por contusão, saiu do banco de reservas, e mudou o destino da equipe espanhola.

O resultado marcava um a zero para os franceses e, na primeira jogada do argentino, o gol salvador foi criado, para a conclusão de Pedro, marcando o um a um necessário para a classificação.

Logo no primeiro minuto do primeiro tempo, Xavi bateu falta com enorme perigo, e a bola passou à direita do gol.

Lavesi respondeu para o PSG, um minuto depois, em batida da entrada da área, bem defendida por Valdes.

Aos 5 minutos, numa jogada bizarra, Thiago Silva foi bater falta dentro da sua própria área, escorregou e foi obrigado a dar o segundo toque na bola, faltoso, evitando assim que o adversário pudesse ter oportunidade de gol.

O genial Iniesta, que gastava a bola, quase fez um gol antológico, aos 11 minutos, quando enxergou o goleiro adiantado e bateu por cima, do meio de campo.

Lucas, o melhor do PSG, bateu cruzado, aos 13 minutos, para Valdes defender.

Oito minutos depois foi a vez de Pedro arriscar por duas vezes, mas a bola bater na rede pelo lado de fora.

Enquanto isso, no banco, Lionel Messi, angustiado, roía as unhas, louco para jogar.

Lucas teve, depois, duas boas oportunidades em jogadas criadas por Ibrahimovic.

A primeira, recebendo sozinho na área e batendo cruzado e a outra de cabeça, ambas bem defendidas por Valdes.

O intervalo tinha um empate justo, que classificava a equipe da casa, beneficiada pelos dois gols fora de casa no empate em dois a dois na primeira partida, em Paris.

Razão pela qual o Paris voltou com tudo para a segunda etapa e, logo aos 4 minutos, Pastore tabelou com Ibrahimovic e abriu o marcador.

O Barcelona sentiu o gol e, além de não criar jogadas, sofria com o contragolpe adversário.

Não deu outra.

Com o Barça em apuros, aos 16 minutos, Messi, mesmo se recuperando de contusão, entrou no lugar de Fábregas, na tentativa de evitar o desastre.

E tudo mudou.

A equipe espanhola, mais confiante, passou a pressionar, jogar na área adversária, que só se defendia.

Iniesta quase marcou, aos 18 minutos, mas Sirigu defendeu.

Um minuto depois, novamente Iniesta tabelou com David Villa, bateu cruzado, para nova defesa do goleiro.

Aos 25 minutos, Messi, genial, passou por dois jogadores e tocou para Villa, que ajeitou para Pedro soltar o pé, empatando a partida.

O Barça ficou novamente à vontade, enquanto o adversário, sem ter muito o que fazer, sucumbiu na partida.

Messi simplesmente desfilava em campo.

Houve tempo ainda para Iniesta fazer uma jogada de cinema dentro da área e quase marcar um golaço.

No final, o PSG saiu com a nítida impressão de que jogou duas partidas de futebol, uma contra uma magnífica equipe, sem Messi, outra, impossível de ser vencida, em que um jogador fora do comum fez toda a diferença.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

15 comentários sobre “Messi sai do banco para salvar o Barcelona

  1. Passasse o PSG seria uma derrota para o futebol!

    Chupa Leonardo e sua nova lavanderia de dinheiro.

  2. Julia acho que vc é travesti né amiga?
    mandar um chupa para um homem lindo daqueles não é digno de
    uma mulher fazer isso.

    Não é atoa que você torce para o corinthians, e falando em lavandeira já lavou as suas cuecas hoje? Ah, desculpa lembrei que
    você é uma quase mulher, kkkkk

  3. Agora sim o Farsa vai pegar time decente
    Chuparão Julia, o Farsa e o anão dos hormônios. E a lavanderia de Julia quebrou.
    Hala Madrid, o rei do futebol

  4. Cuidado Paulinho… Não elogie muito o Lucas…
    Senão, as curicas vão ficar com dor de cotovelo…
    kkkkkkkkkkk

  5. Este faz a DIFERENÇA.

    Faz a DIFERENÇA contra QUALQUER TIME, sem gracinhas contra pequenos, mas agudo contra qualquer um.
    Mesmo contundido é decidido e decisivo contra GRANDES!!!

  6. MESSI É GENIO MELHOR DA HISTORIA E NAO VAI TER OUTRO SEM MAIS SEM MENOS DALE BARÇA.

  7. O único time capaz de parar o messi é o corinthians.
    É so um menor laranja apontar um rojão da arquibancada pra cara dele.
    Problema resolvido.

  8. Varane, zagueiro do Real Madrid, e nao “do real”, como diz a imprensa br lixo, tb para Messi.

  9. Jogaram de igual pra igual

    Lucas jogou muito.

    Lembro que muitos aqui falavam que o cara seria um Mario Tilico melhorado….agora TOMA!

    Messi, não preciso comentar. Esse será o vilão da Copa 2014 no Brasil, se Deus quiser!

  10. O mais importante é que o SPFC faturou, sozinho, R$ 88 milhões com a venda do Lucas, que, aliás não tremeu para o Barça de Lionel Messi, igual ao Neymar Bieber cai cai, lá vila Belmiro. Se o Felipao não tiver ficando gagá,
    vai escalar assim a seleção: J. César. Daniel Alves. Davi Luiz. Tiago Silva. Marcelo. Paulinho. Ramirez. Oscar. Lucas. R. Gaúcho e Leandro Damião.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: