Advertisements

PT e PSDB escancaram a lama da política brasileira

Ontem, o que muitos jornalistas trataram como “super-quarta”, foi, na verdade, a constatação do triste cenário da política nacional.

Os dois principais partidos do Brasil, PSDB e PT, reuniram-se para mostrar a todos o que há de pior em suas entranhas.

A candidatura de Dilma Rousseff à reeleição, por exemplo, foi lançada pelos ladrões que há anos infestam o poder nesse país.

Muitos deles já condenados.

Já no caso dos tucanos, a presença de Aécio Neves como líder do PSDB num discurso mal lido no Senado pode vir a se tornar a âncora do partido que os adversários tanto desejam.

Um político responsável por amordaçar a imprensa mineira e que tem como hábito mais conhecido contribuir sistematicamente para o enriquecimento do comércio de produtos químicos da Bolívia.

Enquanto, no caso do PT, não há o que fazer no tocante a nomes, quase todos comprometidos com a bandidagem reinante no país, no PSDB existe ainda a oportunidade de se tentar impedir o estrago que o playboy mineiro pode cometer não apenas no partido, mas também, em caso de remotas chances eleitorais, no restante do país.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: