Advertisements

Corinthians: o enriquecimento dos dirigentes que não recebiam salários

Os anos de gestão do ex-presidente Andres Sanches, no Corinthians, foram muito importantes para a estabilização financeira do próprio e de seus parceiros.

E nem fizeram questão de esconder suas “conquistas”.

No mapa abaixo você confere, no item assinalado como nº 1, a sede do Corinthians, no Parque São Jorge.

Há poucos metros, no nº 2, observe um condomínio de classe média alta, em que apartamentos custam, no mínimo, R$ 1 milhão.

Sanches, que antes morava de aluguel, comprou quatro.

André Negão, mesmo com renda comprovada de apenas R$ 3 mil mensais, dois.

Do trio que anda junto desde a época em que o ex-presidente dominava o futebol amador, somente Mané da Carne, menos inteligente, ficou a ver navios, pegando uma ou outra sobra para matar a fome.

O item nº 3 desse mesmo mapa é, sem dúvida, o mais polêmico.

Trata-se de, oficialmente, de uma “recuperadora de chassis”, embora todos no bairro digam ser um desmanche de automóveis.

“Negócio” esse adquirido por André Negão, utilizado também pelo vizinho Andres Sanches para se reunir, vez por outra, com correligionários do Corinthians.

Pequenas amostras do quanto trabalhar “gratuitamente” na gestão de um clube de futebol pode ajudar a vida dos beneméritos a prosperar.

mapa andres negão

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: