Advertisements

Palmeiras passa vergonha na Justiça e perde processo para empresários de Pierre

Em mais uma atuação desastrada do ex-diretor jurídico do Palmeiras, Piraci Oliveira, o Palmeiras perdeu processo contra a LA Sports, empresa que cobrava o não pagamento pelo clube de títulos sobre a comissão de negociação do jogador Pierre.

No valor total de R$ 244.833,33.

O Palmeiras, segundo os empresários, deve parcelas compreendidas entre janeiro de 2010 a janeiro de 2011, outras vencidas entre fevereiro e julho de 2011, o saldo de uma pendência de agosto de 2011, acrescidos de R$ 6,5 mil do período entre 1º a 15 de agosto de 2011, além de R$ 4,3 mil equivalentes a 1/3 da parcela de janeiro de 2012.

Sem contar juros e outras obrigações acertadas.

Na terrível defesa do clube, orquestrada por Piraci Oliveira, o Palmeiras não negou a dívida, mas disse não ter quitado as pendências porque a referida credora não apresentou Nota Fiscal.

Não soube, porém, explicar o motivo de, mesmo sem o documento exigido agora pelo clube, algumas parcelas, ou parte delas, terem sido pagas.

Um vexame.

Ou seja, comprovou-se a seletividade do clube, que, quando paga, não quer nota, mas quando dá calote, se apega no documento.

O Juíz do caso disse que há comprovação de que o Palmeiras tem absoluta ciência da dívida, e que a questão relativa às notas fiscais deveria ter sido encaminhada a Receita Federal, não utilizada para justificar o calote.

Na decisão final, o clube foi condenado a quitar todas as obrigações, com os respectivos juros, além de arcar com novo prejuízo, ou seja, sucumbências, honorários advocatícios, etc.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: