Advogados erram e empresários de Pierre perdem ação para o Palmeiras

A LA SPORT, que cuida da carreira do jogador Pierre, atualmente do Atlético Mineiro, cobrava R$ 244,8 mil do Palmeiras, referente ao que acredita ter direito a receber sobre 10% de vencimentos do jogador.

De janeiro de 2010 a janeiro de 2011.

Porém o processo foi extinto, sem julgamento do mérito.

A alegação da Justiça é a de que o processo foi aberto fora do domicílio em que os fatos aconteceram, portanto, de maneira ilegal.

Um erro primário que livrou o Palmeiras de dispor de boa quantia financeira, sem precisar provar se estava ou não com a razão.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.