Advertisements

Corinthians admite divida antes negada e faz acordo com a Turbo Sport

Recentemente, num dos episódios mais lamentáveis da vida administrativa corinthiana, o ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, na tentativa de não quitar pendencia com a empresa Turbo Sport, referente à transação do lateral André Santos para o Fenerbahce, emitiu cheque sem a assinatura do diretor financeiro, no valor de R$ 850 mil, sabedor de que o mesmo não seria compensado.

A dívida, que já estava em execução judicial, ultrapassava, com a correção, R$ 1 milhão.

Valores estes que complementariam os R$ 3,9 milhões pagos anteriormente.

Tentando atrasar o procedimento, o clube ingressou com recurso, questionando o óbvio, porém admitindo que o cheque, emitido pelo ex-presidente, deveria realmente ter sido assinado, não apenas pelo próprio, mas também por Raul Corrêa da Silva, diretor financeiro.

Tratando como “equívoco” o que claramente tem indícios de “má-fé”.

Antes mesmo do julgamento do mérito deste recurso, o associado do clube, Rolando Wolers, o Ciborg, de bom transito com os empresários, com a anuência do atual presidente, Mario Gobbi, intermediou uma possível composição amigável, para quitar de uma vez por todas a pendencia.

Conseguiu.

Vale lembrar que Ciborg, antes execrado por membros da atual direção, foi um dos que denunciaram a gestão Andres Sanches por corrupção.

O Corinthians, que antes negava dever a quantia cobrada pela empresa, admitiu não apenas a dívida, como aceitou quitá-la em parcelas.

Mais uma entre tantas pendencias deixadas por Andres Sanches, que assinava cheques sem a menor responsabilidade (alguns sem assinatura), contando com a benevolência do Conselho Deliberativo, sabedor de que os “problemas” estourariam apenas nas gestões posteriores.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: