Advertisements

CBF, Luís Álvaro e a Vila Belmiro

Inadmissível para os dias atuais que um estádio de uma equipe grande do futebol mundial não tenha o mínimo de condições para resguardar a integridade física dos astros que lá desfilam seu futebol.

O caso envolvendo o atleticano Rafael Marques, que ficou intermináveis minutos no gramado da Vila Belmiro esperando atendimento porque não havia possibilidade de uma simples ambulância se locomover no local é estarrecedor.

Consequências terríveis poderiam ter acontecido – felizmente não ocorreram – mas fica  a marca do desleixo e falta de preocupação com o que deveria ser primordial na realização de uma partida de futebol.

Enquanto o presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira, preocupa-se mais em agradar àqueles que ouvem seus discursos, realizando administração de “vitrine”, a realidade dos fatos mostram que os produtos “anunciados” quase sempre carecem de qualidade.

Resta saber se a CBF terá peito agora para interditar o local ou se a política do “cordão do puxa-sacos”, da qual LAOR faz parte junto com outros pelegos salvará o Peixe de ficar sem sua casa nos próximos meses.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: