Advertisements
Anúncios

Palmeiras na luta, Galo despenca

Nos dois jogos mais interessantes da rodada, até o momento, Palmeiras e Atlético/MG começam a viver situações distintas.

A primeira demonstra que uma equipe com a camisa e tradição do Palmeiras, contrariando quase todos os especialistas esportivos, nunca cairá por antecipação.

Sua situação ainda é absolutamente complicada, mas é evidente a mudança de postura dos jogadores.

Os três a zero contra a Ponte Preta, com dois gols de Barcos e um do sempre eficiente Marcos Assunção, numa atuação pra lá de convincente da equipe, devolveram a esperança ao torcedor palmeirense novamente.

Enquanto isso o Galo, enfim, começa a disputar o campeonato que dele se esperava.

Não dá mesmo para se esperar regularidade num elenco que abriga na mesma equipe atletas como Jô e Ronaldinho Gaúcho, que, embora por vezes façam bons jogos, há anos demonstram inconstância, fator este complicador para um campeonato disputado em pontos corridos.

Surpreendente mesmo foi o primeiro turno, disputado pelo Atlético/MG num ritmo irreal, e que dificilmente seria repetido até o final.

Facilitado ainda pelo evidente abandono de Santos e Corinthians, envoltos que estavam com a Libertadores, equipes que são claramente superiores ao Galo, e que somente não ocupam as primeiras colocações, junto com o consistente Fluminense, pelas circunstancias e incompetência de um calendário que a CBF insiste em não arrumar.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: