Brasil e Ganso – realidades diferentes

Nenhuma surpresa no passeio da Seleção Brasileira sobre a fraca Nova Zelandia, por três a zero.

Gols de Danilo, Leandro Damião e Sandro.

Embora a expulsão de Alex Sandro, de bobeira, não estivesse no script.

Triste apenas a constatação de que Paulo Henrique Ganso tem problemas físicos e clínicos que inviabilizam qualquer investimento financeiro acima da média em sua aquisição.

Tanto que está em vias de ser cortado da Seleção, com dores musculares, as mesmas que junto com os problemas crônicos de joelho o perseguem por toda a carreira.

Enquanto a Seleção Brasileira caminha para o Ouro inédito, Ganso, tudo indica, pode se tornar mais uma daquelas histórias de “poderia ter sido”, contadas frequentemente por amantes do futebol ao longo dos tempos.

Uma pena.

No judô, falando em coisa triste, tivemos a derrota de Tiago Camilo na disputa do Bronze, perante um adversário grego claramente inferior.

Coisas que costumam acontecer em Olimpíadas.

ATUALIZAÇÃO: Ganso foi submetido a exames durante a tarde e seu corte foi descartado, a princípio, pela comissão técnica.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.