Arnaldo Tirone e Piraci Oliveira mantém advogado que desviou R$ 290 mil trabalhando para o Palmeiras

PIRACI OLIVEIRA – Dir. Jurídico

Recentemente publicamos que o advogado Pedro Renzo desviou R$ 290 mil, que deveriam ter entrado nos cofres do Palmeiras, para sua conta pessoal, associado a alguns conselheiros do clube.

Notícia esta que gerou uma profunda investigação pelos órgãos competentes do clube, comprovando-se, ao final, a irregularidade.

Há menos de um mês, em conversa que mantivemos com o atual presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, o mesmo tratou de se esquivar do assunto quando questionamos que além de ter trabalhado para o clube, Renzo foi também seu advogado pessoal.

“Aqui no Palmeiras, depois deste episódio, ele não trabalhou mais”, disse o mandatário palestrino.

Novamente faltou com a verdade.

Talvez como prêmio pelos serviços prestados ao presidente, mesmo após a comprovação de que pegou dinheiro do Palmeiras, Renzo ainda, inacreditavelmente, cuida de processos para o clube.

Entre eles o de nº 583.00.2002.073954-3.

Justo uma contenda em que o Palmeiras cobra valores de uma empresa, R$ 6 mil, provavelmente por venda irregular de seus produtos.

Vale lembrar que o responsável pelo departamento jurídico do clube é o conselheiro Piraci Oliveira, que precisará se desdobrar para explicar mais essa barbaridade em suas sempre divertidas “apresentações” pelo twitter.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.