Advertisements

Hulk se destaca em fácil vitória da Seleção

A Seleção Brasileira nem precisou se esforçar muito para vencer a fraquíssima equipe da Dinamarca, quem em nada lembra a fantástica “Dinamáquina” dos anos 80 e 90.

Hulk foi o principal nome do jogo, marcando gols e sempre se oferecendo com o opção para o ataque nacional.

O passeio começou logo no inicio da primeira etapa, com dois gols em menos de quinze minutos.

Aos 7 minutos, numa pancada de Hulk, da intermediária, que o goleiro dinamarquês aceitou.

Depois, aos 12 minutos, quando Oscar fez ótima jogada pela direita, serviu a Hulk, mas o zagueiro adversário tentou cortar e marcou contra.

Com dois a zero no marcador, o Brasil deu uma retraída na forte marcação inicial e até permitiu algumas estocadas da Dinamarca.

Porém, quase todas sem levar perigo à meta brasileira.

Houve tempo ainda para Hulk, no contra-ataque, avançar pelo campo ofensivo, dar um belo corte no zagueiro e marcar seu segundo gol na partida, terceiro do Brasil.

O segundo tempo foi duríssimo… de assistir.

A Seleção  voltou a apresentar o padrão de pouca criatividade dos jogos anteriores, claramente desinteressada, devido a fragilidade adversária.

De importante apenas o gol impedido da Dinamarca, convertido aos 25 minutos.

Um amistoso que pouco deve acrescentar à preparação olímpica do selecionado nacional, e que servirá apenas para amenizar a pressão da própria cúpula da CBF em cima do treinador, ocorrida nos últimos dias.

Pelo menos até os próximos amistosos, que prometem, ao menos, um pouco mais de dificuldade.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: