Zezinho Mansur por trás do “Corinthians Supremo”

            Zezinho Mansur (dir)

Há no Corinthians um grupo – outro – denominado “Corinthians Supremo”, mais um que tenta se engajar politicamente no Parque São Jorge.

Frequentado, em sua última reunião, por cerca de 50 pessoas.

Até Raul Corrêa da Silva, atual diretor financeiro, prestou-se a espiar, comparecendo no local, para ver do que de fato se tratava.

Porém, enquanto essa união de pessoas, sob discurso de fiscalização da atual gestão, dá mostras de ser um movimento espontâneo de torcedores – um de seus fomentadores é o famoso “Vila Maria”, da torcida Camisa 12 – a realidade dos bastidores mostra que não é bem assim.

Gente bem informada sobre as coisas alvinegras garante que, por trás de tudo, está o ex-dirigente Zezinho Mansur, na esperança de ser alçado novamente à vida política do Timão.

Ele que já foi vice-presidente de futebol e que acenou, nas duas últimas eleições, com uma possível candidatura, que somente não ocorreu devido a inexpressividade de quem o acompanhava.

Parece que agora, anos antes do novo pleito, a tática é a de unir-se com as “organizadas” e com descontentes de outros grupos, na esperança de conseguir reunir apoio minimamente expressivo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.