Conselheiro denuncia esquema de “taxinhas” no futebol amador do São Paulo

Ferve o ambiente do São Paulo Futebol Clube, não apenas no futebol profissional, mas também após denuncias de novos favorecimentos a empresários nas categorias de base.

O conselheiro Tercio Bispo Molica enviou, ao Conselho Deliberativo do Tricolor, oficio solicitando a apuração dos fatos.

A informação é de que o diretor do CFA Laudo Natel, conhecido como Geraldo, um dos braços direitos de Juvenal Juvêncio, estaria facilitando a vida do ex-jogador Silva, hoje empresário de jogadores, que está negociando as principais promessas do clube com outros conhecidos intermediários do esporte.

O dinheiro das transações, que evidentemente não entraram no caixa do São Paulo, estaria sendo dividido entre os participes do esquema.

Resta ao Conselho do Tricolor, agora avisado da sacanagem, não se omitir e impedir não apenas a continuidade, mas também apurar a participação, ou não, de diretores importantes nas negociações.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.