Advertisements

Jabuti não sobe em árvore

O atacante Henrique estreou no Corinthians, ao final da segunda etapa, na partida contra o Barueri, pelo Campeonato Brasileiro.

Atleta desconhecido do grande público, foi contratado pelo clube no último dia 6 de maio, embora muito pouco tenha se falado sobre isso.

Desconfiado, como sempre, pesquisei para tentar descobrir um pouco mais sobre o jogador.

As informações são, no mínimo, desestimulantes para um atleta que chega ao clube ocupando o lugar que poderia ser de alguém das equipes de base.

O currículo de Henrique é inferior ao de muitos jovens formados no terrão alvinegro.

Ele tem 22 anos de idade e era reserva do Guarani.

No ano de 2008, em 11 partidas pelo Campeonato Paulista, 3 como titular e o restante entrando no decorrer da partida, marcou apenas 2 gols, seus únicos, como profissional.

Mesmo assim, o Corinthians contratou-o em DEFINITIVO, com contrato firmado no dia 06/05/2009, com validade até 31/05/2010.

Adquiriu 40 % de seu vínculo, deixando 10% para um misterioso intermediador e os outros 50% para o empresário Vicenzo Grippo, conhecido por negócios pouco transparentes na região de Campinas.

Os atletas agenciados por ele costumam receber rasgados elogios do site Futebol Interior, ligado ao conselheiro do clube, Edgard Soares.

Sabemos bem o que é “nece$$ário” para ser bem avaliado por este portal.

Henrique receberá o inacreditável salário de R$ 22 mil mensais.

Absolutamente incompatível com seu currículo como atleta.

Há jogadores, no elenco corinthiano, com tempo de casa, e serviços prestados ao clube que recebem bem menos.

De que serve a categoria de base do Corinthians ?

Precisamos também descobrir quem foi o responsável pela contratação do atleta.

Muito do mistério pode e deve ser explicado por esta pessoa.

Afinal, como já dizia o ditado popular:

“Todo mundo sabe que jabuti não sobe em árvore. Se lá está é porque alguém o colocou”

vicenzo grippo

Vicenzo Grippo (dir.), empresário de Henrique, no site Futebol Interior.

Facebook Comments
Advertisements

34 comentários sobre “Jabuti não sobe em árvore

  1. Fernando

    muito bom, Paulinho! Eu já estava achando que ele era das categorias de base… Continue assim, e tente descobrir quem foi o responsável.

  2. Eduardo

    Não jogou nada no sábado! Pq não colocar Marcelinho, ou mesmo Fernando Henrique, que foi campeão no começo do ano?

  3. Reinaldo

    – o Departamento de Marketing do Corinthians está perdendo a noção do ridículo. Não bastou transformar nosso manto sagrado em uma página de classificados de domingo, colocando anúncios nos ombros, nos braços, na barriga, nos calções e nas meias. Foi preciso inovar. E assim criaram o patrocínio de sovaco! Colocar anúncio do desodorante Avanço nas axilas dos jogadores é querer virar motivo de piada.
    (Roque Citadini)

  4. Reinaldo

    Paulinho, agora estão apelando.
    Estão deixando a camisa do timão igual a um macacão de fórmula 1.
    O jeito é boicotar e ninguém comprar essa camiseta até ‘os manda chuva’ criarem vergonha na cara.

  5. Holmes S.

    Ora como assim pra que serve o depto amador??

    Se juntar o naipe dos bandidos afonso, andré moreno, severino boguinha, fran “não contrata outro meia 92” etc… chegaremos á; lavagem de dinheiro, favorecimento ilícito, trafico de menos, sociedade com supermercados e arrecadamento pra jogo do bicho….

    COMO ASSIM PRA QUE SERVE A BASE CORINTIANA….

    PRA BANDIDO GANHAR $$ ATRAVES DE EXPLORAÇÃO DE MENORES !!

  6. Lucas

    Paulinho,

    Sou torcedor do Guarani e posso falar mais sobre o Henrique.

    Ele chegou ao Guarani em Abril de 2007, quando já não se poderiam inscrever jogadores para a Série A2 do Paulista, comptição que o Guarani jogava no ocasião.

    Ficou treinando até que comçasse a Série C daquele ano. Incrivelmente, não jogou. Até foi relacionado em alguns jogos, mas não atuou.

    Acompanhei de perto alguns treinos e ele pouco se destacava, o que justificava sua ausência do time.

    Em 2008, com o Guarani quase sendo rebaixado, ele foi colocado numa fogueira no time. E posso dizer que foi o único responsável por evitar a queda do Bugre de novo para a A2. Ele fez gols importantes e salvadores (no total foram 8, em 9 jogos), incluindo 2 na Rua Javari no empate em 2 a 2 com o Juventus e 1 contra o Rio Preto, jogos que salvaram o Guarani nas últimas 2 rodadas.

    Henrique ganhava 500 reais no Guarani e a pressão pela renovação de seu contrato foi enorme. Na ocasião, eu e meus amigos encontramos ele num bar da cidade, ao lado de sua mãe e sua namorada e a mãe dele chegou a nos perguntar quanto deveriam pedir ao Guarani para renovar o salário.

    Falamos em até 10 mil reais por mês e, pelo que consta, que renovou por 15 mil.

    A família era dona de uma padaria na cidade, mas com esse novo vínculo e com as ameaças de torcedores da Ponte Preta, me parece que seu pai vendeu a padaria.

    Veio a Série C de 2008 e com ela voltou aquele Henrique de 2007. Seca de gols (foram 2, um de pênalti num jogo que não valia nada- Marcílio Dias- e outro contra o Rio Branco, no Acre). A torcida pedia, mas ele ficava na reserva e via seu substituto, Fernando Gaúcho, fazer 17 gols na Série C.

    No meio da Série C ele forçou a barra, querendo ir para a Portuguesa, alegando que ganharia 30 mil reais por mes. O Guarani bateu o pé e ele não foi, ficando bem queimado com a torcida.

    Sem espaço, ele foi negociado com o Corinthians, mas não sei sobre os valores.

    Em suma: é um menino bom, de família boa, boa índole, mas fraco. Teve sua fase boa no Paulista de 2008 e pelo Guarani fez 10 gols.

    Quanto a empresários, etc… não sei dizer…

    Paulinho: Nem discuto se ele é bom jogador ou não. Torço até para que seja. Mas a negociação evidentemente não é transparente.

  7. bruno

    mas soh pra constar, ele nao eh jogador pra time grande nao, ridicula a contratacao…

  8. Luís Carlos

    E a contratação do Marcinho, não teve nada de irregular ou nesse caso o Jabuti tomou Red Bull e subiu na árvore?

  9. jeff

    Sabe o que é difícil? Ter de ouvir, sem poder falar nada, o Gobbi dizendo que, para se ter um grande time, é necessário aumentar os ingressos. Transferem a conta da incompetência deles para a torcida e ainda contrata gente desse nível.

  10. Pingback: Jabuti não sobre em árvore « Bastidores do Esporte

  11. Cássio

    Paulinho,
    parece que no time do Monte Azul, que acabou de subir pra Série A1 do Paulista, tem vários garotos da base do Corinthians que devem ter seu valor e não foram aproveitados.
    Falando em base. Qual foi a verdadeira razão da saída do Cilinho do Parque São Jorge? Ele era picareta, ou queria moralizar a zona?
    Abraço!

  12. Thiago

    a única coisa de não transparente, segundo o post original, é a suposta ligação entre o empresário do jogador e o site de mau gosto…

  13. CARLOS RIBEIRO SILVA

    conheço bem a base e pre base-meu filho passou la 9 meses-interesses tiraram ele-a base serve pra base de corrupçao-cilinho-wagninho-ladeirinho etc-quando a verdade vira a tona- esperem

  14. Cássio

    Meu, o que estão fazendo com a camisa do Corinthians?
    Que péssimo gosto! Será que pelo menos os valores recebidos compensam essa vergonha?
    A camisa até poderia ter vários patrocinadores. O problema está na forma de diagramação, bem amadora.
    Alguns clubes da Europa tem a camisa recheada de patrocínios, mas diagramados de forma que não transformem o uniforme num panfleto.
    Aproveitando o assunto. Aquele painel de logotipos que fica atrás do Mano Menezes quando ele dá entrevista está poluído e feito nas coxas. Não há o menor senso de distribuição das marcas, virou tudo uma salada. Misturaram campanhas institucionais, como a “TimãoTur” com os patrocinadores e fornecedor. Se eu fosse patrocinador, náo ficaria feliz em ver a marca da minha empresa disposta de qualquer jeito. Pode parecer frescura, mas no meio publicitário sabemos a imagem que esse tipo de coisa mal feita transmite. Os logos devem ser distribuídos no espaço de acordo com o valor pago. Os institucionais devem ser menores e em menor quantidade.
    O tal do Rosemberg é muito fraco em alguns aspectos.

  15. Jair Pedro

    Podiam usar ainda o espaço dos dedos médios do cristian e o indicador do ronaldo.

  16. bruno

    tinha um post meu antes desse com outras informacoes… pq soh esse foi aprovado? esse era soh complemento.. ridiculo isso

  17. RAFAEL NARDINI

    Não precisa ir muito longe. Você não acha que na escolinha do Zé Maria existem 10 laterais melhor que o argentino Escudero? Quanto aos salários dessa turma, é algo fora da realidade. Ou alguém sensato explica como atleta Lulinha pode embolsar tamanha quantia no clube? Tem coisas, que só Wagner Ribeiro faz por você…

  18. Roger Aquino

    Toda vez que o Paulinho levanta problemas de empresários no Corinthians aparecem uns caras por aqui e dizem que o São Paulo tem também o seu na figura do Juan Figger. Porque eles não aparecem agora por aqui, para comentar a presença do empresário (Juan Figger) no jogo do Corinthians, de braço dado com seu amigo do peito Andrés Sanches. É gente quem tem pressa come crú.

  19. Ricardo Cerbero

    Já que a base do Corinthians não serve nem para testar jogadores para ganhar – por exemplo – uns 5 mil,entrar faltando 10 minutos para entrar em uma partida que estiver com a vitória garantida e para ser cobrado se não jogar uma boa partida ,acaba logo com aquilo ,mas para isso precisa de peito político.Com as denúncias que tem,aquilo deve ser um clube à parte.

    E mais um engodo tá se aproximando do PSJ:o projeto Zé Roberto.Não o jogador/pessoa,mas tudo que está sendo feito por trás desta negociação.Como um clube que o presidente admitiu há 01 mês que faltava dinheiro para pagar a conta de luz quer trazer um jogador deste?

    A irresponsabilidade voltou.Se este “Projeto 2010” azedar (já tá ficando bem claro para mim o que isto $ignifica…),mas diferente de 2007,não sobrará nada/ninguém para contar a história.E não haverá aumento de ingresso e avacalhação de camisa que resistirá desta vez.E tomara que azede o mais rápido possível,para baixar a bola e todo este pessoal envolvido nisto voltar a realidade e ,preferencialmente,sumir de lá.

    Torcer,nesta situação que as coisas estão se encaminhando,na minha opinião,é ser cúmplice,mas ninguém irá se lembrar depois.

    Abraço.

  20. Antonio

    Concordo que o Marcelinho deveria ser testado. O empresário do Marcelinho não é “flor que se cheire” também, não é?

    Mas acho que você foi injusto com o rapaz na sua crítica. Eu estive no Pacaembu e ele só entrou aos 37min do segundo tempo.

  21. PaulinhoMcLaren

    Amigo, Paulinho.

    o Henrique foi o artilheiro do Guarani no Paulistão-08. Marcando muito mais do que dois gols.

    na verdade, ele foi formado no Campinas FC, só depois foi para o Bugre.

    de fato, Henrique caiu de produção, eis que muito jovem sentiu a pressão de ser uma espécie de salvador da pátria do Guarani.
    Chegou a ser cotado de jogar no Santos.

    Artilheiro com rara noção de localização da meta, Henrique é muito benvindo no meu corinthians.

    Força, Timão! Boa sorte menino Henrique.

  22. valmir

    a imprensa coriintiana não mostra esses negócios é só ronaldo e coisa e tal,ainda bem que existe blogueiros competentes.

  23. LUCA

    EM 15 MINUTOS NO SÁBADO O HENRIQUE FEZ MAIS DO QUE O SOUZA EM TODA A PASSAGEM NO TIMÃO! E GANHANDO MUITO MENOS QUE O MASTRO QUE CHAMAM DE CENTROAVANTE…

  24. Léo

    sou bugrino, vc sabe. ele não deu certo lá não. e nem no videogame .dei um upgrade no videogame nele e mesmo assim não jogava.era banco do fernando gaucho(argh) e o tal deste empresário aí, eu conheço de campinas.

    se vc procurar, vai achar mais, muito muito mais. ( pergunte ao amoroso o que ele acha dele, se tiver oportunidade).abraços.

  25. zeluiz

    Cada vez mais acredito naquilo que o Leonardo do Milan disse. A salvação para o Flamengo – e ponho ai todos os times brasileiros – é a venda. Essa c orrupção toda, de todos os times acabaria. Com ações em Bolsa, os times teriam que prestar contas aos acionistas…E ai, crianças, acabariam esses balanços falsificados, esse grupinhos de interesses, essa mutretagem de empresários ganhando os tubos em detrimentos dos clubes, dinheiro que some, bilheterias falsificadas, contratos obscuros, perda de valor das marcas, torcedores tratados como gado, massa de manobra, patrocínios esquisitos, lavagem de dinheiro e tudo o mais que é a realidade da maioria absoluta de nossos grandes clubes. Uns mais, outro menos. Quase todos falidos. Profissionalização, já. Em vez de “diretores e conselheiros apaixonados”, executivos bem pagos para tratar de administração. Chega de amadores.

  26. Pedotinho

    até o Paulinho mclaren com 60 anos deve ser melhor do que esse garoto……

  27. Pingback: Agora eu som livre « SodTV!!

  28. Victor Roberto Fonseca

    Olá Sr. Paulo, Sou de Franca da Rocha e vi seu blog, e achei interressante, passei inclusive para alguns amigos que curtem futebol e eles me perguntaram onde achei e quem era o Sr. se possivel, gostaria de maiores informações sobre o vc para melhor informar eles, pelos menos seu nome completo, se tem algum apelido,e em qual jornal o sr trabalha.

    inclusive pergunto pois já vi isto ser praticado pelo \silvio luiz e pelo marcio bernardes que colocaram uma especie de curriculo em seus sites

    abraços

    victor

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: