FOLHA DE SÃO PAULO – 17/12/2007

FUI: MORADEI NÃO ESTÁ NOS PLANOS DO TIME

A diretoria anunciou ontem que não tem intenção de adquirir 50% dos direitos do volante por R$ 600 mil. O Bragantino, que o emprestou de graça, cobrou depois do Corinthians R$ 520 mil em adendo do contrato.

FOLHA DE SÃO PAULO – 13/12/2007

…)os membros do Cori se reuniram para definir a situação do adendo ao contrato do volante Moradei.
Uma cláusula, cobrando R$ 520 mil, foi adicionada ao acordo inicial, que previa o empréstimo sem custo. Após investigação, o Cori concluiu que houve tentativa de estelionato.

Em 2008, o Corinthians devolveu Moradei ao Bragantino

Acusou a equipe de tentar cobrar indevidamente R$ 520 mil por seu empréstimo.

Depois o Bragantino aceito vender 50% de seus direitos federativos por R$ 600 mil.

A oferta foi recusada.

Mano Menezes deu aval para a dispensa do atleta.

Estamos em 2009, e o Corinthians voltou a fazer negócio com aqueles que acusaram de desonestidade, adquirindo os mesmos 50 % do atleta, recusados há um ano.

Mano Menezes, desta vez, não se pronunciou.

Os dirigentes corinthianos, que não acreditavam na utilidade de Moradei à equipe agora mudaram de opinião.

Será que o futebol de Moradei teve uma evolução tão significativa, em tão pouco tempo, que tenha motivado sua re-contratação em definitivo ?

Ou teremos novas surpresas com o valor da negociação e as comissões pagas para intermediários ?

Logo saberemos a verdade.

Facebook Comments
Advertisements