Advertisements

Ronaldo deu show e classificou o Corinthians na Copa do Brasil

ronaldo-vibra

O Corinthians não jogava bem no Pacaembu.

Sentindo falta do futebol flutuante de Elias, encontrava dificuldades para penetrar no jogo amarrado do Atlético/PR.

Até que o gênio pegou duas bolas e decidiu a partida.

A primeira etapa foi muito disputada, embora quase não se criasse jogadas de gol.

O Atlético segurou o ímpeto corinthiano e, vez por outra, arriscou alguma coisa no contra-ataque.

O Corinthians não conseguia jogar, tanto que sua primeira oportunidade de gol surgiu apenas aos 28 minutos.

Dentinho cruzou pela direita, Jorge Henrique se antecipou à zaga para bater, Galato defendeu e, no rebote, o atacante corinthiano chutou para fora, com o gol aberto.

Dois minutos depois Douglas deixou André Santos na cara do gol e Galato fez outra grande defesa.

O Atlético assustou a defesa corinthiana, aos 35 minutos, em bola lançada para Wallyson, que bateu cruzado, na cara do gol, para ótima defesa de Felipe, que espalmou para a trave.

Ronaldo deu o ar da graça, dois minutos depois, quando pedalou em cima da zaga e bateu com perigo.

Era apenas o aquecimento do que estava por vir.

O segundo tempo começou e as dificuldades corinthianas continuavam.

Pouca criatividade e certo nervosismo na hora de atacar.

O Atlético por pouco não abriu o marcador, aos 9 minutos,quando Rafael Moura deixou Wallyson na cara do gol, e o atacante bateu por cima.

Eis que um minuto depois surge o Fenômeno.

Ronaldo recebeu bola na entrada da área, girou em cima do zagueiro e bateu cruzado, abrindo o marcador.

O Pacaembu quase veio abaixo e o Atlético sentiu.

O Corinthians passou a jogar com mais inteligência, embora continuasse sem criar novas oportunidades.

Mas quem tem Ronaldo…

Aos 22 minutos, o Fenômeno recebeu um passe dentro da área e com um drible desconcertante, de chaleira, passou por dois marcadores e foi derrubado.

A equipe paranaense não acreditava no que via.

O público, de pé, aplaudia.

Ronaldo pegou a bola para cobrar.

E com extrema categoria, após uma paradinha, ampliou o marcador.

O Corinthians se classificou e agora espera que Fluminense e Goiás decidam a próxima vaga.

Facebook Comments
Advertisements

29 comentários sobre “Ronaldo deu show e classificou o Corinthians na Copa do Brasil

  1. [SCCP] TASSIO **LHP**

    RONALDO JÁ VIRO ÍDOLO !!!

    SEM PALAVRA

    O CARA NÃO PIPOCA, O CARA DESIDE !!!

  2. Transparência

    O Andrés deu sorte em contratar Ronaldo.

    Jogada de marketing ou não. Se lixando se o Ronaldo voltaria a jogar bem ou não. Foi sorte e também temos que dar o parabéns.

    Andrés e Rosemberg. Os mitos.

  3. Ramón

    Paulinho, não sou professor de português nem tenho moral pra te corrigir, mas….. quem sente, sente alguma coisa.

    Não caia no erro do Galvão Bueno, que vive dizendo “fulano sentiu, beltrano sentiu”…. quem sente, sente alguma coisa.

    Abraços.. e vaaaaaaaai, Corinthians!!

  4. VINI

    de novo 1 milhão de renda, o que acha, que a torcida deveria fazer greve até mudar a presidência?

  5. NINI

    .
    .
    Atlético complica e Ronaldo simplifica
    .
    .
    1. Antes de a bola rolar, confesso que estava preocupado. A final do Paulistinha no domingo foi desgastante. Os jogadores ficaram envolvidos em comemorações e premiações, estavam dadas todas as condições para eles perderem o foco e entrarem na partida em ritmo de ressaca. Aí veio a notícia da contusão do Elias e do William. Como os jogadores iam reagir a tudo isso? Ninguém aguenta orgasmos sucessivos, satisfazendo várias balzaqueanas e viúvas ao mesmo tempo. Uma hora a gente acaba brochando.
    .
    .
    2. Senti um alívio quando vi o time entrar ligado em 220 volts no jogo. Entretanto, a coisa foi engrossando devagar e perigosamente. Quando o Cristiam chutou três vezes e a bola passou longe do gol, fiquei com a pulga atrás da orelha. Quando o Jorge Henrique perdeu um gol com o Galatto vendido, bati na madeira três vezes. Quando o Atlético meteu uma bola na nossa trave, falei é hoje… Quando o Atlético, num contra-ataque rápido, quase mete a bola pra dentro das nossas redes, comecei a rezar fervorosamente. Afinal, sou um corintiano sofrido e escaldado.
    .
    .
    3. O nosso time não fazia nenhuma jogada de linha de fundo; o André estava preso na defesa; o Douglas puxava todos os contra-ataques do nosso adversário; o Dentinho prendendo demais a bola, sem saber tocar de primeira, sem produzir nada, quase cava a expulsão ao tentar dar o troco num jogador atleticano. A melhor jogada no primeiro tempo saiu de um passe do Douglas para o André que obrigou o Galatto a fazer uma boa defesa. O Mano queria impedir a exploração das costas do André a qualquer custo. Colocou o Saci para garantir a salvaguarda da já famosa região da lateral esquerda e terminamos a partida sem a nossa principal jogada de ataque.
    .
    .
    4. Chicão, um leão na defesa. Cristiam, um leão no meio de campo. Boquita, uma maquininha incansável. Felipe firme mais uma vez. Tocou de leve na bola que bateu na trave. Se não tivesse tocado, a bola teria entrado e aí, seria um Deus nos acuda.
    .
    .
    5. Quando o jogo estava ficando com cara de zero a zero, o Ronaldo saiu de novo da moita e decidiu a partida, desatando um nó que parecia inextricável. Foram apenas duas jogadas. Não fosse o inominável Fenômeno, o time, eu acho, jogaria a noite toda sem conseguir fazer um gol. Humilde, após o jogo, o Ronaldo louvou o trabalho da equipe, destacando que sente por não poder ajudar na marcação. Disse que cumpre apenas a sua obrigação de fazer gols.
    .
    .
    6. Espero que interesses extra-campo não acabem tirando o Ronaldo do time em jogos importantes para servir a interesses da CBF. Quem vai ressarcir o Corinthians por perdas e danos? Por que não paralisam a rodada quando tem jogos da seleção?
    .
    .
    7. Fora do campo, nas arquibancadas, a Fiel fez uma festa fantástica. Precisamos de um estádio para 60 mil corintianos, com um sistema de reverberação ensurdecedor, capaz de fazer os adversários tremer e sujar o calção. É imperdoável fazer um projeto de estádio sem contratar um bom engenheiro de som. Um pequeno grito de criança deve ecoar por todo o estádio.
    .
    .
    8. Ufa! Estamos classificados. Concordo com o Paulinho: o fator Fenômeno fez a diferença mais uma vez. O Inter e o Flamengo jogam entre si e um pelo menos vai pro espaço. Sou carioca da gema desde criancinha. Teremos o Goiás ou Fluminense na nossa frente. Prefiro o nosso freguês tradicional.
    .
    .
    9. Para exacerbar a saturação emocional dos jogadores do Timão, tem o jogo contra o Inter no domingo. Ouvi na rádio que alguns jogadores serão poupados, inclusive o Ronaldo. Maldito Paulistinha! Maldita FPF que provocou a contusão do William com a sua incompetência ridícula.
    .
    .
    10. Show de cobertura da ESPN Brasil, ao vivo do Pacaembu, antes do jogo. Como é bom quando uma emissora fura o monopólio da Globo.
    .
    .
    .

  6. a carlos

    REMÉDIO CONTRA A DEPRESSÃO DE SÃO PAULINO

    CAUSADA PELO FENOMENO:

    OMEPRAMIN …..1 PELA MANHÃ , 1 A NOITE AO DEITAR.

  7. a carlos

    PAULINHO

    O TIMÃO ENCONTROU DIFICULDADE
    PARA PENETRAR NO JOGO AMARRADO DO ATLÉTICO
    PORQUE ELE ESTÁ ACOSTUMADO A PENETRAR EM OUTRO TIME………..

  8. a carlos

    ATENÇÃO OBAMA!!

    NÃO É SÓ O LULA QUE É O CARA…….

    AQUI NO BRASIL TEM OUTRO: F – E – N – O – M – E – N – O

  9. Marlos

    Faltou falar do penilti arrumado….. encostou em um jogador do Corinthians pode cair que o juiz da falta.

  10. Philip Kotler

    Paulinho

    o que você acha desta análise publicada no Estadão:

    Corinthians teve lucro maior que o de rivais em 2008

    ROBERTO LIRA – Agencia Estado

    SÃO PAULO – De um lado, um clube que chegou às semifinais do Campeonato Paulista, às quartas-de-final da Libertadores e fechou a ano com um inédito tricampeonato seguido da Série A do Brasileiro. De outro, um rival que não conquistou vaga para a fase decisiva do Paulistão, perdeu a final da Copa do Brasil (e a chance de se classificar para a Libertadores) e, pior, amargou a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

    Esses dois retratos do desempenho esportivo de São Paulo e Corinthians em 2008 poderiam fazer supor que os balanços patrimoniais dos clubes tivessem seguido a mesma tendência. Mas no ano passado não foi assim. O Corinthians divulgou na semana passada ter fechado o ano com um superávit de R$ 10,871 milhões. Poucos dias antes, o São Paulo revelara um balanço com apenas R$ 2,244 milhões positivos. Pior ainda fez o Santos, que fechou 2008 no vermelho em R$ 24,745 milhões.

    A constatação da análise desses três balanços de grandes paulistas (o Palmeiras ainda não publicou seus números auditados) é que permanece o descompasso entre as receitas e a despesas do futebol. Com exceção dos anos em que uma venda de direitos federativos de jogadores consegue salvar as contas. No caso do Santos, o peso do déficit das contas do clube social e esportes amadores foi particularmente importante.

    Para fazer frente aos gastos do dia-a-dia, os dois clubes da capital recorreram aos bancos no ano passado. O São Paulo elevou seu passivo com empréstimos em bancos de R$ 18,732 milhões para R$ 42,764 milhões entre 2007 e 2008. No Corinthians, essa conta com bancos (e que inclui também antecipações do Clube dos 13 e da BWA, empresa responsável pela venda de ingressos) saltou de R$ 13,189 milhões para R$ 31,314 milhões.

    SÃO PAULO – O São Paulo gerou em 2008 receitas que chegaram a R$ 157 milhões, uma queda de 16,42% ante o faturamento de 2007, que havia chegado a R$ 189 milhões. A diferença foi exatamente a falta no ano passado de uma negociação como a do zagueiro Breno, que foi para o Bayern de Munique no fim de 2007. No ano passado, a conta de negociação de atletas chegou a R$ 30,562 milhões. Embora tivesse ficado muito abaixo dos R$ 76,1 milhões de um ano antes, foi maior que a aferida pelo clube em 2004, 2005 e 2006.

    Para não ficar sempre na dependência de revelar talentos e vender direitos federativos desses jogadores, o São Paulo tem tentado buscar contratos e parceiras que tragam novas receitas ao clube. No final de 2008, foi assinado um contrato com a Visa para reformar e modernizar setores do estádio do Morumbi com capacidade para 20 mil lugares.

    O estádio também aderiu à onda do “concept hall” , inaugurando uma livraria, uma megastore de material esportivo e um bar. Está prevista ainda a construção de uma churrascaria anexa ao estádio, uma escola de línguas e a locação de outros setores do Morumbi para empresas como Volkswagen e Biosintética.

    No ano passado, os direitos de transmissão de TV renderam ao clube R$ 27,320 milhões, ante R$ 24,85 milhões em 2007. A arrecadação com jogos somou R$ 16,76 milhões em 2008 e o aluguel do estádio rendeu outros R$ 4,58 milhões.

    As despesas pesaram bastante. O custo do futebol profissional e de base totalizou R$ 104,91 milhões, o gasto com clube social e esportes amadores chegou a R$ 16,31 milhões, a manutenção do Morumbi somou R$ 8,11 milhões, as despesas administrativas totalizaram R$ 11,75 milhões e as tributárias foram de R$ 9,40 milhões. No total, as despesas tricolores chegaram a R$ 155,72 milhões.

    CORINTHIANS – A receita do Corinthians em 2008 não sofreu nenhuma influência com a queda para a Série B. O clube recebeu R$ 25,631 milhões em direitos de transmissão de TV (9,7% a mais que em 2007), elevou a conta de patrocínio e publicidade para R$ 24,704 milhões (+29,19%) e viu a bilheteria dos jogos praticamente dobrar, para R$ 16,592 milhões.

    No total, a receita com o futebol só foi menor por conta da ausência de grandes negociações com atletas. A receita líquida da atividade caiu de R$ 119,990 milhões no ano retrasado para R$ 94,438 milhões para o ano passado. Mas nessa conta de 2007 pesam as vendas dos direitos dos jogadores Willian, para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, Marcelo Mattos, para o Panathinaikos, da Grécia, e até a litigiosa transferência de Carlos Alberto para o Werder Bremen, da Alemanha.

    As receitas com repasses de direitos federativos caíram de R$ 71,392 milhões naquele exercício para R$ 26,780 milhões em 2008 – aí pesando mais as vendas de partes dos direitos dos atletas Dentinho e André Santos para o Grupo DIS, do empresário Delcir Sonda.

    O clube social e os esportes amadores mostraram ótima recuperação em 2008, com um déficit de apenas R$ 724 mil, antes perdas de R$ 19,991 milhões em 2007. O Corinthians aumentou as receitas com as contribuições de sócios, explorações comerciais e, especialmente, de licenciamento e franquias.

    Dois detalhes chamam a atenção na rubrica “conta a receber” do balanço do Corinthians. O clube alega ser credor de R$ 60 milhões da MSI (Media Sports Investment) por conta da rescisão do contrato de parceria, mas lançou o mesmo valor em “provisão para crédito de liquidação duvidosa”, o que mostra que a esperança de receber os valores é baixa.

    O mesmo não ocorre com os R$ 12,953 milhões que clube pleiteia junto ao Werder Bremen, por conta da transferência do meia Carlos Alberto, hoje no Vasco. Os recursos estão depositados judicialmente e a área jurídica do clube acredita que a entrada dos valores se dará ainda em 2009.

    SANTOS – Se São Paulo e Corinthians ainda conseguiram fechar 2008 no azul, o Santos continuou no vermelho, embora seu prejuízo tenha caído de R$ 36,612 milhões para R$ 24,745 milhões. Isso reflete, em parte, o fraco desempenho esportivo: o clube ficou em sétimo no Campeonato Paulista do ano passado, caiu nas quartas-de-final da Libertadores e correu risco de rebaixamento para Série B do Brasileiro.

    O resultado do futebol foi deficitário em R$ 958,2 mil, os esportes amadores sangraram as contas em R$ 2,532 milhões e o clube social carregou a conta em R$ 21,254 milhões negativos. Nos comentários sobre o balanço a administração santista destacou a redução de despesas em todas as áreas no ano passado, em especial os R$ 5,343 milhões economizados nas atividades do Departamento de Esportes.

    O Santos também destacou os R$ 4,353 milhões recebidos no ano passado por meio do mecanismo de solidariedade, instituído pela Fifa. Como formador dos jogadores, o clube se beneficiou em 2008 de transferências milionárias de seus ex-jogadores Robinho, Elano, Ricardo Oliveira e Alex

    Paulinho: Oscar de maquiagem

  11. a carlos

    MAC E CAMBADA DE SAZONAIS……

    PERGUNTAR NÃO OFENDE:

    O QUE ACONTECEU FECHARAM PRA BALANÇO??????????

  12. Marquinhos

    São Paulo: “A arrecadação com jogos somou R$ 16,76 milhões”

    Corinthians “viu a bilheteria dos jogos praticamente dobrar, para R$ 16,592 milhões.”

    Mas o Corinthians não é o campeão mundial de torcida e de renda?, com mais de 180 milhoes de torcedores.

  13. a carlos

    ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ

    Os B*———— estão com vergonha de ir para a lan house hoje……..

    SESSÃO ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZOAR B*

    ESTÁ NO AR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  14. Tassio moura

    Pensava que esse patrocinio da tele sena, baú da felicidade e banco panamericano era somente para as finais do Paulista.

    eu não ouvi falarem nada sobre copa do brasil, ou eu to mau informado ?

  15. Mário

    Não deu pro He-Man, o Fenomeno pegou poucas vezes na bola e guardou 2. E vamos para as 4ªs de final com Goiás ou Fluminense…..

  16. Ednei G. Marcos - Jaraguá do Sul (SC)

    Realmente Paulinho….
    Você merece o “Oscar”… E se diz corinthiano, imagine se não fosse…
    Assim como o Juca, você deve quer “entrar” no Corinthians e não consegue…
    Dê a mão à palmatória…
    Seja mais humilde, não custa nada…

    ====================

    Philip Kotler Disse:
    Maio 7, 2009 às 10:06 am | Responder

    Paulinho

    o que você acha desta análise publicada no Estadão:

    Corinthians teve lucro maior que o de rivais em 2008

    ROBERTO LIRA – Agencia Estado
    ==========
    RESPOSTA
    Paulinho: Oscar de maquiagem

  17. Antonio

    E esse chororô que não pára…

    É essa INVEJA que não pára de doer nos cús-tovelos.

    Chooooooora que a sua vez já chegou e voltar em breve….

  18. Químico

    BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUAÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ …

    BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUAÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ …

    BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUAÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ …

    BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUAÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ …

    BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUAÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: