O Vasco da Gama volta às mãos de Eurico Miranda

eurico miranda

Numa eleição que bateu o recorde histórico de votação do Vasco da Gama em todos os tempos, 5.592 associados, Eurico Miranda, o Breaking Bad, sob a fumaça do charuto, elegeu-se presidente do clube para o triênio 2014-2017.

Recebeu 2.633 votos, quase o dobro dos outros candidatos.

Julio Brant teve 1.570 e Roberto Monteiro, 1.155.

O grupo “Casaca”, desde sempre oposicionista aos desmandos de Dinamite, trabalhou ferrenhamente, nos últimos anos, pela volta de Eurico, razão pela qual festejou a vitória como uma conquista de título, na sede vascaína, pelas ruas, bares e também nas redes sociais.

A esperança é a de que Miranda, agora com 70 anos, deixe de lado seus hábitos que, muitas vezes, colocaram-no em situação suspeita no futebol, e foque sua energia em reconstruir o clube, apequenado em diversas discussões importantes – como o dinheiro da televisão – pelas gestões anteriores.

Mas sua administração precisará de rígido acompanhamento, inclusive dos que foram responsáveis por sua vitória, evitando, assim, que desvios de conduta, ou erros administrativos, impeçam consequencias que não puderam ser evitadas pelo grupo, brilhantemente apelidado de “bovinos”, co-autores por omissão dos crimes cometidos por Dinamite.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.