Advertisements

Os bandidos estão vencendo

Da FOLHA DE SÃO PAULO

Por PAULO VINICIUS COELHO (PVC)

——————————————————————————–

Sobre a violência nos estádios, os únicos especialistas que seguem na ativa são os torcedores uniformizados

——————————————————————————–

A ÚNICA medida prática após a guerra entre a polícia e a torcida do Corinthians, domingo passado, foi a indicação do promotor Arnaldo Hossepian Júnior para apurar o que houve no Morumbi. O promotor é o mesmo do caso do buraco da estação Pinheiros do Metrô.

Dois anos depois de a cratera se abrir na marginal, 13 pessoas foram indiciadas e nenhuma foi presa.

No dia 15 de fevereiro de 2007, os torcedores Alessandro Almeida Borges Pereira e Edmílson José da Silva foram condenados a 14 anos de prisão pelo assassinato de Marcos Gabriel Cardoso Soares, na estação Barra Funda do Metrô. O homicídio aconteceu em 2004, num dia de Palmeiras x Corinthians. Por incrível que pareça, tem havido prisões em casos ligados às torcidas uniformizadas. Mas, muito pior do que a impunidade, é a sensação de que ninguém é punido, e essa sensação segue intacta na sociedade.

Nas uniformizadas, nem tanto.

Uma das cenas mais impressionantes do domingo passado foi o canto “a violência voltou”. Não nos avisaram se algum dia ela foi embora, mas, pelo visto, os uniformizados tiveram essa impressão. Opinião respeitável dos únicos que nunca abandonaram as arquibancadas.

Eis o ponto: você deixa de ir ao estádio. Eles não. Em novembro, o promotor Paulo Castilho reuniu-se com o presidente Lula para discutir um pacote de novas leis específicas para a violência no futebol. Há 20 anos, todo mundo sabe que a legislação específica é a única medida concreta para diminuir a violência e a sensação de impunidade. O pacote nunca saiu do papel, porque a Justiça brasileira prefere seguir seu eterno debate: punir ou educar. Enquanto isso, gente morre nas ruas. A caminho do estádio ou não.

Em São Paulo, quem hoje cuida da violência nos estádios entrou no assunto há pouco tempo. Seja o promotor Paulo Castilho, seja Arnaldo Hossepian ou o coronel Hervando Velozo, da PM. O maior especialista paulista na guerra das torcidas é o coronel Marcos Marinho. Sua função atual? Diretor de árbitros!

Quer dizer que os únicos especialistas em violência que seguem na ativa são os torcedores uniformizados. Esses olham para as novas autoridades e cantam: “A violência voltou!”.

Não se acaba com a violência sem entender do assunto. Sem saber o que funcionou e fracassou na Itália, na Argentina, na Inglaterra ou no Brasil. Os vândalos não serão presos porque você não vai ao estádio. A única chance é cobrar quem tem obrigação de prendê-los. Se o presidente Lula entregou ao Ministério da Justiça o pacote de leis específicas para o futebol -pretende enviar ao Congresso em março-, o ministro Tarso Genro terá de dar explicações depois da próxima morte, se a legislação não estiver aprovada.

Não, não vou dizer para você ir ou levar seu filho ao estádio. Digo apenas que eu vou. Num sábado de sol, há um ano e meio, meu filho de sete anos e eu fomos a uma festa de aniversário. Ao descer do carro e colocar meu filho no ombro, senti um revólver na barriga e um homem estranho me segurando pelas costas.

Era um assalto em plena luz do dia.

Continuo pagando impostos e cobrando segurança. Nunca vou deixar de ir a festas de aniversário.

Facebook Comments
Advertisements

12 comentários sobre “Os bandidos estão vencendo

  1. Jorge

    PERFEITO, DEPOIS DO MADONNÃO, ESTA FOI A MELHOR FRASE, A QUE MAIS ELUCIDA O REAL MOMENTO DO FUTEBOL BRASILEIRO !!

    OS BANDIDOS ESTÃO VENCENDO…PARABÉNS SP PÉLO HEXA !!

  2. Jovaneli

    A propósito, sobre eventuais medidas que possam ser adotadas para reduzir a violência nos estádios, quero manifestar neste blog o meu total apoio a outro companheiro, o competentíssimo jornalista da ESPN Brasil Mauro Cezar Pereira, que escreveu dois textos maravilhosos sobre o assunto “violência nos estádios”, lembrando do que ocoreu na Inglaterra.

    Recomendo a leitura dos dois textos, verdadeiras obras-primas. Um deles (o mais recente) cita a trajédia de Hillsborough, na Inglaterra, ocorrida em 1989 e que culominou na morte de 95 pessoas, todas esmagadas na grade do estádio.

    Eis os links dos textos do Mauro Cezar:

    A violência das torcidas: ministro do Esporte dá sugestão equivocada a Lula (http://espnbrasil.terra.com.br/maurocezarpereira/post/35232_A+VIOLENCIA+DAS+TORCIDAS+MINISTRO+DO+ESPORTE+DA+SUGESTAO+EQUIVOCADA+A+LULA)

    Hooliganismo precisa ser estudado e as medidas pensadas são, todas, inúteis (http://espnbrasil.terra.com.br/maurocezarpereira/post/34616_HOOLIGANISMO+PRECISA+SER+ESTUDADO+E+AS+MEDIDAS+PENSADAS+SAO+TODAS+INUTEIS)

  3. mc tricolor

    Esse Jorge é uma besta
    Só leu o titulo da reportagem
    Deve ser dificil pra ele ler mais que 3 linhas
    É por isso que é desinformado,leitor de titulos e manchete de jornal.
    O unico investigado pelo caso madona foi o presidente da federação
    o mal carater do del nero.Os outros foram inocentados.

    Outro zé mané que não sabe do que fala e nem ler a materia leu
    pra saber do que se trata.

    um coitado.

  4. Ricardo

    Parece haver em vários órgãos de imprensa a tentativa de se diluir a culpa pelo desastre prenunciado e ocorrido no Morumbi no último domingo, através da enumeração de todos os responsáveis pelo ocorrido, sem a devida ponderação; quando não, pela completa inversão das parcelas de responsabilidade.

    Apesar da cortina de fumaça fabricada, pode-se considerar a existência de unanimidade quanto a:
    – a imperícia demonstrada na ação policial, após o término da partida;
    – a omissão da FPF.

    Resta delimitar o papel desempenhado pelos dois protagonistas, de fato, do episódio, que foram o São Paulo e o Corinthians. Vamos listar, destarte, as ações praticadas pelos clubes (bem como por suas torcidas):

    SÃO PAULO (o mandante da partida – dado que não está sendo suficientemente considerado):

    – anunciou, a poucos dias da realização do clássico, que, pela primeira vez na história, concederia apenas 10% dos ingressos para a venda da torcida corinthiana;
    – o anúncio foi feito em tom debochado pelo presidente Juvenal Juvêncio, com o apoio dos sorrisos e gargalhadas de membros da diretoria;
    – enviou os ingressos para venda no Parque São Jorge impressos em um rolo de bobina, sem o devido corte, e sem a devida numeração (o que obrigou que se realizasse uma troca, com o conseqüente atraso na efetiva disponibilização para venda, acarretando desrespeito ao limite mínimo de 72 horas, estabelecido pela legislação, em relação ao início da partida);
    – divulgou nota de resposta à nota de repúdio corinthiana, utilizando a mesma retórica inflamada daquela;
    – realizou obras no intento de equacionar o problema da entrada dos torcidas dos dois clubes pela única entrada disponível (a solução arquitetada, como se viu no desastroso desfecho, foi claramente equivocada);
    – segundo a PM, uma bomba caseira – que teria sido o estopim do tumulto verificado – foi lançada do estacionamento interno do estádio (local de acesso exclusivo dos associados);
    – não disponibilizou assistência médica aos torcedores feridos quando tentavam sair do estádio;
    – o dirigente Marco Aurélio Cunha afirmou, ainda no estádio do Morumbi, quando havia dezenas de feridos no estádio, que o tumulto ocorrido comprovava o acerto da decisão sãopaulina de limitar os ingressos para os visitantes, e que lutaria para que a menos ingressos ainda (5%) fossem disponibilizados nos futuros clássicos;
    – divulgou fotos, em seu site, das depredações praticadas pelos corinthianos no Morumbi.

    CORINTHIANS:

    – divulgou, em seu site, nota oficial de protesto pela decisão intempestiva do São Paulo de conceder apenas 10%, à torcida corinthiana, dos ingressos à venda; sublinhou que rompia-se, desse modo, um acordo tácito de décadas; atribuiu a decisão sãopaulina à suposta inveja, devida à grandeza da torcida corinthiana;
    – anuncia que o clube adotará o mesmo critério de conceder apenas 10% dos ingressos ao clube visitante, bem como a intenção de passar a mandar os seus clássicos no Pacaembu;
    – da carga de ingressos recebida, endereça aqueles de preço mais baixo (R$40,00), em sua totalidade, para as torcidas organizadas; os restantes (cerca de 35% da carga recebida, e ao preço de R$90,00) é que são, efetivamente, colocados à venda – em prazo inferior ao mínimo estabelecido pela legislação, devido às dificuldades advindas da troca que se fez necessária (cf. já exposto);
    – após a vitória em eleição realizada no sábado, o presidente eleito Andrés Sanchez anuncia que, até o final de seu mandato (de 3 anos) o Corinthians não mais mandará partidas no Morumbi;
    – no Morumbi, a torcida corinthiana quebrou cadeiras, uma separação de vidro blindado, e, durante o tumulto final, arremessou uma grade metal (não fixa) no estacionamento do estádio;
    – o Corinthians divulga nota na qual se solidariza com os torcedores feridos, e critica o comportamento do São Paulo e a falta de segurança do Morumbi.

    CONCLUSÃO:

    O São Paulo, mandante da partida, anunciou, de modo intempestivo e inábil, o rompimento de uma prática de décadas, concedendo uma carga diminuta de ingressos para o Corinthians, dono da maior torcida da cidade de São Paulo. O Corinthians, pego de surpresa, como toda a sociedade, e vivendo uma semana pré-eleitoral, manifestou forte repúdio à decisão sãopaulina. Desencadeou-de, desse modo, uma espiral de acirramento de ânimos, que culminou no desastre após o término do clássico, para o qual foram determinantes a imperícia da PM e a insegurança do Morumbi.

    O São Paulo foi o grande culpado pelo desastre ocorrido no último domingo, pois,
    – era o mandante da partida;
    – foi autor do ato que motivou a controvérsia;
    – não exerceu de modo adequado a organização do evento, pecando ao criar clima de animosidade, ao não disponibilizar ingressos em condições de venda com a antecedência devida, ao não oferecer condições de segurança aos torcedores que acorreram ao seu estádio, e ao não prestar a devida assistência médica aos feridos no Morumbi.

  5. Pedro henrique

    “OS BANDIDOS ESTÃO VENCENDO…PARABÉNS SP PÉLO HEXA !!”

    ____________________________________________________________

    Quero q esse palhaço prove algo sobre o suposto “madonnão”!

    vcs corinthianos adoram proferir sem prova neh o babaca, o único campeonato roubado foi o SVEITÃO!

  6. geraldo lina

    JORGE, tu quer uma melancia IMBECIL ?
    Essa conversinha de MADONNAO jah era ZEH MANEH.
    Acabou, o TRI-HEXA sempre foi LEGITIMO.

    VAI TE CATAR !!!

    Quem vai se ferrar agora eh o DEL NEUROTICO, cartola do MERETRICIO.

    SE TOCA

    ***(*) ******(*)

  7. mc tricolor

    Nem li o que esse Ricardo escreveu,só a conclusão(dele)
    que começa dizendo que o SPFC anunciou de forma “intempestiva”
    ja diz tudo,ja mostra o interesse de quem escreveu.
    Nunca foi anunciado de forma intempestiva, ja começa
    a conlusão erradamente.
    E outra,parece que ele esqueceu de dizer que o corintias destinou
    grande parte dos 10% dos ingressos a torcidas organizadas
    que no ultimo classico entre os dois times no Morumbi tentaram
    botar fogo no estadio.

    Chega de achismos,foi designado um promotor e ele vai ver
    quem fez o que.

    Se o SPFC dependesse da opinião desse Ricardo,tava fudido,
    uma que ja ta acostumado a entrar aqui e falar besteira contra o Tricolor
    é fregues habitual,turminha da inveja e outra que a opinião
    desse sujeito não fede nem cheira,é nula.

  8. Jorge

    Aos amigos,

    Caso do gás teve o SP no meio e os “grãos mestres” abafando o caso.

    Copa 2014 teve os amigos “grãos mestres” decidindo estádio paulista.

    CT Cotia feito através de assinaturas de “grãos mestres”.

    Madonnão teve SP envolvido vencendo com gol irregular dado pelo juiz escalado de forma irregular e agora alguns “grãos mestres” querem mudar os fatos e dar um golpe para assumir o comando da FPF.

    Baixaria no clássico teve SP, Morumbi e os “grãos mestres” querem botar a culpa na torcida.

    Caros bobos da corte, não se esqueçam de aplaudir após a comédia maçônica !! Vai ser burro assim as 21h vendo novela !!! Será que a paixão por um time chega a esconder o caráter das pessoas ??

  9. mc tricolor

    jorge

    Continua com sua luta contra o São Paulo
    Agora deixa de assistir muita novela.

    O post se refere a violencia nos estadios
    sobre uniformizadas.

    que mané grão mestre?…se liga,pelo menos comenta o
    que esta relacionado com o post, não sua lutinha pessoal
    contra o tricolor.

  10. geraldo lina

    JORGE, se somos os culpados pelo caso do GAS,

    PORQUE O MINISTERIO PUBLICO NAO MOSTRA AS GRAVACOES DO CASO DA MAFIA DOS INGRESSOS ???

    PORQUE ???

    ***(*) ******(*)

  11. jose

    Oi, amigo torcedor,
    Você é convidado a virar um membro em nossa Comunidade Brasileirão.com e enviar notícias na nossa característica única o Vc Repórter que foi introduzida para capacitar torcedores e torcidas como você relatar notícias locais para todo o povo a ver. O Brasileirão.com é o melhor lugar para notícias livres de censura das companhias de mídia sobre futebol no Brasil.

    Para quem curte ser repórter mesmo não sendo formado em jornalismo ai vai uma Dica: http://www.brasileirão.com está lançando o Vc Repórter, com ele qualquer pessoa pode enviar notícias, fotos e áudios para o Portal Brasileirão e relacionadas categorias / times, torcidas, e se um sua notícia tiver uma maior relevância ranking ela poderá parar na home do portal.

    Você pode enviar qualquer notícia, seja de futebol, alguma coisa que tenha acontecido com você ou com algum amigo seu, algum acontecimento com o seu time ou Torcida, novidade em tecnologia, enfim, o que você quiser!

    Sua notícia será publicada imediatamente com o seu nome.

    Se você gosta de se comunicar, escrever, tem paixão pelo futebol, e acompanha os principais eventos e campeonatos do mundo, este grupo de discussão é perfeito pra você. Este é o melhor fórum social sobre futebol para você expressar suas opiniões.

    Nosso grupo é modelado para discutir ou debater tudo sobre os times brasileiros, ligas e notícias do esporte no Brasil e ao redor do mundo. Você pode escrever opiniões em qualquer formato que escolher e nossos membros podem adicionar comentários. Suas opiniões serão arquivadas e pesquisáveis pela internet e assim, qualquer pessoa poderá vê-las. Bem-vindo!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: