Advertisements

Vida de gado

Caro Paulinho,

Este é um email desabafo, sobre como sofre o torcedor neste pais.

Como é o descaso contra ele, o torcedor.

O que vou relatar é a saga de um torcedor do Clube Atlético Mineiro para ver o jogo do seu time ontem no Mineirão.

Tudo começa no sábado quando saiu de casa e vou a Vila Olímpica, ponto tradicional de venda de ingressos e descubro que ERA um ponto de vendas de ingressos.

Não é mais.

Entro no carro e vou ao Labareda, onde existia sim a venda de ingressos mas também uma grande fila.

Por estar com meus filhos desisti de pegar aquela fila e deixei de comprar o ingresso no sábado.

Fui para o campo ontem com cerca de 2 horas de antecedência para o jogo.

Chego no portão 01, onde compra-se cadeira especial e me deparo com uma longa fila para isso.

Não tinha mais alternativa e tive que ficar nesta fila.

Mais de 30 minutos ficaram ali.

E ainda agradecendo a Deus que todos os outros que ali estavam se comportaram como se deve já que se alguém, ou vários tentassem furar fila, causar tumulto isso seria fácil já que não existia um só policial no local.

Com o rádio no ouvido, escuto a informação que os ingressos de arquibancada estavam esgotados.

Os ingressos.

Lugar dentro do campo tinha, torcedores do lado de fora querendo pagar para entrar também tinha.

Não tinha o ingresso.

Bem, chego próximo a bilheteria.

Bilheteria esta que contava com dois pontos de venda, um deles fechado.

E me perguntei.

Se os ingressos de arquibancada estavam esgotados, o que faziam os bilheteiros que os vendiam que não poderia estar ali onde existia fila ???

Compro meu ingresso.

Meu e de minha filha.

Entro no estádio e vou direto ao Bar comprar o já tradicional tropeiro.

Ai descubro os preços: um tropeiro custa R$ 7,00.

Um churrasco, R$ 4,00.

Um copo de refrigerante, R$ 3,00.

Depois de mais essa provação entro no estádio.

Estádio que teve sua última partida oficial no inicio de dezembro se não me engano.

Então quase 60 dias depois percebo pela sujeira que estavam as cadeiras que de lá para cá nada foi limpo por ali…

Torcedor deve mesmo gostar de sofrer, porquê mesmo com tudo isso, foram 35 mil pagantes e muitos outros que voltaram para casa sem conseguir entrar.

Imagino que hoje as pessoas que organizam uma partida de futebol devem estar durante todo o dia reunidos pensando em mais algumas atitudes para dificultar a ida do torcedor, já que já tentaram muito e o torcedor ainda está lá.

Abs,

Carlos Souza

Facebook Comments
Advertisements

7 comentários sobre “Vida de gado

  1. Pedro

    1 – Nao se informar sobre os pontos de venda e’ culpa sua, nao do clube.
    2 – Qualquer evento de grande porte tera’ filas, nao e’ exclusividade do futebol brasileiro.
    3 – Obviamente a informacao passada no radio foi incorreta, culpa do jornalista que a divulgou.
    4 – Em qualquer evento os precos de comida/bebida sao altos, Ou vc nunca foi a shows, baladas, ou mesmo um evento esportivo em outro pais? E’ a lei de mercado meu querido.
    5 – A sujeira, ok. Concordo com voce.

  2. Rafael

    Carlos

    Sou totalmente solidário a sua reclamação.

    Hoje eu estava lendo uma matéria… achei engraçado.

    Meu coringão cobra 70 reais por uma arquibancada com banheiro químico e fedorento.

    O Museu do Louvre cobra 15 euros (45 reais) por uma exposição que você precisa de pelo menos 05 dias para conseguir conhecer tudo. E nem precisa ir tão longe. A pinacoteca, na Luz, cobra 02 reais. ISSO MESMO, DOIS REAIS.

    Quando vejo essas coisas, me dá vontade de ir pro estádio cantar “Aqui tem um bando de TROUXA”.

  3. Marcos Capano

    Esse assunto já encheu o saco. Faça como eu: não vá mais aos estádios. Quem sabe o dia que não houver mais publico assistindo eles façam alguma coisa.

  4. MARCIO

    É meus amigos… o futebol é a paixão nacional…e pra manter essa situação é que o governo investe tão pouco na educação de base, pessoas estúpidas não sabem reclamar , e mesmo sabendo que esão sendo exploradas, consentem.

  5. anderson santos

    Meu deus , ir ao estadio e um momento de lazer , adoro isso e sei que em lugares onde ha eventos os comerciantes tendem a aumentar os preços , quanto ao famoso tropeiro do mineirão acho 7 reais um preço muito bom ,pois vem em quantidade e e muito gostoso , quanto ao valor das bebidas e menor que o preço os praticados maracanã . como diz o ditado que esta na chuva e pra se molhar.

  6. André

    Não ir ao estádio não é solução. O que devemos fazer é boicotar o troperão ( 7 reais é muito caro pra uma refeição tão simples).
    Faço o seguinte: já chego no estádio tranquilo, tendo comido antes. Chego com bastante antecedência (para não pegar trânsito/ filas) e fico tomando uma cerva no estacionamento com meus amigos.
    Na volta, a mesma coisa! Ou saio mais cedo do estádio/ ou saio mais tarde e fico tomando mais cervas de boa do lado de fora, para evitar trânsito!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: