Advertisements
Blog do Paulinho

Dirigentes do Flamengo em pânico com investigações do TCDF

O Tribunal de Contas do Distrito Federal investiga, sob sigilo, o contrato firmado entre o banco BRB e o Flamengo, que retira, anualmente, R$ 32 milhões dos cofres públicos.

Os procuradores chegaram a pedir o bloqueio do pagamento, mas o TCDF, por enquanto, indeferiu.

Existem suspeitas de ilegalidades na tramitação do negócio.

Investiga-se, também, a ingerência do Governo Bolsonaro.

Os acionistas particulares – o BRB tem capital misto – exigem que o caso seja esmiuçado até o limite e que eventuais culpados – se houverem – sejam condenados a ressarcirem-nos das perdas.

Se condenado, além de devolver boa parte do dinheiro, o Flamengo pode sofrer sanções diversas, desde multas a representações criminais contra seus dirigentes.

Rodolfo Landim, ao receber a informação de que o julgamento destas contas estaria próximo de ser pautado, enviou emissário ao Palácio do Planalto, mas a conversa, segundo fontes do clube, não parece ter refrescado o pânico que atingiu a cartolagem rubronegra nos últimos dias.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: