Advertisements

Ditadura nas eleições corinthianas

 

Deplorável o novo Regimento Eleitoral do Corinthians.

Com resoluções que remetem aos piores tempos das famosas ditaduras soviéticas.

O blog comenta abaixo dois exemplos terríveis de repressão a liberdade contida em suas páginas.

Art. 18º – As eventuais correspondências de propaganda eleitoral enviadas aos associados deverão ser postadas pelo clube, às expensas de cada chapa escrita, que encomendar a remessa.

Traduzindo em bom português, membros da oposição que tentarem comunicar suas idéias aos associados precisam primeiro passar pelo crivo da atual administração, ou seja, serão monitorados no pior estilo das ditaduras recentes que assombraram o leste europeu.

Uma evidente tentativa de espionar os passos dos candidatos contrários a atual gestão.

No melhor estilo 1984 de Orwell.

Art. 17º – Ficam proibidas manifestações de campanha, tanto no recinto do clube, como pela imprensa escrita ou falada, que denigram a imagem do clube ou de quaisquer dos candidatos, ficando os infratores sujeitos às penalidades estatutárias.

Andres Sanches, o presidente que tem medo, tenta a todo custo, com a aprovação desse artigo, evitar que os candidatos de oposição possam questioná-lo sobre as irregularidades de sua gestão.

Como dimensionar o que é ofensivo para a imagem de um candidato ou do clube ?

Perguntar sobre a fraude e o mensalão, já comprovados por investigação, se enquadraria nesse caso ?

Afirmar que a administração atual é comandada por bicheiros é passível de punição ?

A tentativa de impedir que a verdade venha à tona precisa ser combatida com veemência.

O clube não pode novamente ficar a mercê de regras ditatoriais, que beneficiem apenas um grupo.

Os conselheiros precisam evitar que esse regimento arbitrário e desprovido de democracia entre em vigor.

Estaremos de olho, e cobrando.

Confira, no link abaixo, a íntegra do documento

http://www.corinthians.com.br/upload/site/Regimento%20Eleitoral.pdf

 

Facebook Comments
Advertisements

23 comentários sobre “Ditadura nas eleições corinthianas

  1. fernando

    isto é mais nojento que o senta levanta do dualib, estou chegando na conclusão que saíram os metidos a esperto e estão no poder os malandros

  2. Marcos Rogério Cabral

    Paulinho, a coisa tá feia pros lados do pq. São Jorge. Se torna necessário que os associados do clube coloquem o Pinókio contra a parede, caso contrário o proximo passo será a diretoria praticando o voto de cabresto, tendo o bicheiro como capitão do mato.

  3. jorge leite

    Não basta dirigir o que é público como se particular fosse, tem de ser analfabeto:

    “…Art. 18º – As eventuais correspondências … às expensas de cada chapa escrita, que encomendar a remessa. …”.

    Chapa escrita??!! Agora eu entendo como esse clube é dirigido.

    Abraços a todos

  4. Geraldo Mathias

    Não seria interessante a comissão determinar a suspensão da distribuição de ingressos por parte da Diretoria, pelo menos neste período?

  5. Andiruna

    Corinthians vê centenário com estádio, festa “monstruosa” e filme
    Alexandre Sinato
    Em São Paulo
    O sonho do estádio engatilhado, um milhão de pessoas reunidas, um filme e a fiel torcida com voz ativa. A quase dois anos de seu centésimo aniversário, o Corinthians já definiu os principais pilares da aguardada festa. A data é tratada com muito cuidado pelos alvinegros, contagiados pela boa temporada de 2008 e otimistas com o futuro.
    A atual diretoria já tem em mente o que pretende fazer em 2010 para celebrar o centenário do clube. Para isso, é claro, depende de vitória na eleição presidencial no início do próximo ano. Mas confiante na vitória, a situação alvinegra estabeleceu os pilares do que promete ser uma comemoração histórica.
    “Algumas iniciativas são os marcos da festa. Queremos ter algo do estádio, teremos um filme do centenário, já que este do acesso [chamado Fiel] será um treino, faremos uma festa monstruosa, como nunca se viu em São Paulo, e acima de tudo vamos apoiar todas as iniciativas que a fiel sugerir”, adiantou o diretor de marketing Luis Paulo Rosenberg, no hotel que o Corinthians se hospedou em Caxias do Sul.

    O tão sonhado estádio alvinegro, segundo ele, pode ser um velho conhecido da torcida. Depois de classificar o Pacaembu como “plano H” entre suas prioridades, a diretoria corintiana já admite assumir o estádio municipal em vez de levantar uma nova arena.
    “Não sou um faraó para construir um monumento de R$ 400 milhões. Queremos uma casa toda reformada para a nossa torcida”, disse Rosenberg. A confiança do diretor é tanta que ele já começou a convencer o presidente Andres Sanchez do plano.
    Nos últimos meses, a prefeitura de São Paulo e a secretaria de Esportes insistiram em oferecer o Pacaembu ao Corinthians, que até então tinha o projeto da Egesa/Seebla como prioritário. “Uma das virtudes do Andres é aceitar um bom argumento”, ponderou Rosenberg.
    Mas o estádio não é o único atrativo previsto pela atual diretoria. A idéia é promover uma festa histórica. “Pensei em algo com um ou dois milhões de pessoas”, opinou o diretor. O centenário também terá um filme e o memorial no Parque São Jorge será atualizado.
    Outra característica almejada para a comemoração é a interatividade com os torcedores. Rosenberg diz que não haverá uma comissão ou um grupo responsável pelo tema: os corintianos terão voz ativa. “Acima de tudo, apoiaremos todas as iniciativas que a fiel sugerir. Atualmente está sendo preparada uma enciclopédia sobre o Corinthians, é o tipo de iniciativa que queremos”, completou o responsável pelo marketing alvinegro.

    Meu comentário – Paulinho fica esperto porque acho que a turma do Andrés vai ficar…

  6. manoel evangelista

    Blogeiro estive no forum da Barra Funda dia 13/11/2008 as 13:30 voçê não compareceu porque?

    Paulinho: Tinha festa lá ? Não fui convidado…

  7. Sandro

    Paulinho, me responda: isso quer dizer que não teremos um “debate” na televisão com os candidatos? É claro que os programas esportivos quererão fazer um debate, acredito.

  8. sergio murilo

    Parabéns a comissão eleitoral!vejo essas resoluções como uma forma de resguardar a imagem do clube.Eleição é questão interna,só interessa a nós,e claro que haverá debate,todos os meios de comunicação irão cobrir o pleito até porque estamos falando de uma nação…..Álias se medidas como essas fossem tomads em outros setores do clube,não estariamos tão expostos com sempre somos….o clube do morumbi faz igualzinho,só que lá e competencia,aqui é ditadura.

  9. Marcelo Firmiano

    Pelo que li nesse post a oposição do Corinthians é totalmente inoperante,ninguem vê isso não?então todos no Corinthians são farinha do mesmo saco?

  10. Gil Nunes

    Pelas palavras dos “manes” aqui a conclusao e clara;

    Em procedimentos honestos, TODOS que hoje la estao nunca ganham!!

  11. Gil Nunes

    Todo o trabalho dessa cambada de bandidos burros esse ano foi, corromper ou trocar quem ainda trabalhava de forma honesta para se reeleger.

  12. ademar joaquim

    Paulinho,

    este jogo vai ser dificil: a bola, o campo, o juiz são dos caras/corja!!! A oposição tem que ir para a rua chamar o verdadeiro corinthiano para protestar!!! Esta luta não deve ficar só nas alamedas da fazendinha!!!

    Abraços.

    Feliz timão 2009

  13. Naldo Gavião

    O Paulinho, eu nao sei quem ele apoiaria, mas o associado que quer o melhor para o clube, vai votar em peso por mudanças. De minha parte, sou Paulo Garcia até debaixo d’àgua.

  14. Toel

    Uma vitória do Andres nessa eleição terá o mesmo impacto que teve a vitória do Bush no segundo mandato. ou seja guerra.

  15. José

    Ué, nao entendi o problema.
    O tal artigo diz que a chapa que quiser enviat correspondência pros sócios deverão ser postadas pelo clube e paga pela chapa.
    Se é o clube que tem o mailing dos associados, nada mais certo.
    Ou a oposição tem este mailing?

  16. Waldir

    oluna Arquivo Confidencial
    Morumbi é penhorado em ação de Ameli

    O Estádio do Morumbi está penhorado. O imóvel foi oferecido pelo São Paulo como garantia em uma ação trabalhista movida pelo ex-zagueiro argentino Horácio Andres Ameli, que passou pelo Tricolor durante um ano (de julho de 2002 a julho de 2003). A ação diz respeito ao atraso no pagamento de direitos de imagem. O jogador já ganhou em três instâncias. Na última delas, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou que o montante da dívida, já com juros e correção monetária, é de R$ 2,2 milhões. A questão preocupou alguns conselheiros são-paulinos, uma vez que em março a Fifa vai revelar as 12 cidades que serão sedes da Copa do Mundo de 2014. “A gente fica preocupado, sim, sobretudo pelo fato de a Fifa analisar os estádios e nesse pente-fino descobrir que o Morumbi está envolvido em ações na Justiça”, afirmou à coluna um desses conselheiros.

    Informa a coluna Arquivo Confidencial, de Wagner Vilaron

  17. Silvio

    Não percam nos próximos dias, a realização de uma grande manifestação dos grupos de oposição, que estão se unindo para combater a corrupção e a ditadura que a atual diretoria quer impor aos associados e torcedores.
    Por um Corinthians digno e altivo. Chega de humilhações.

  18. peixe

    art 18:

    está certo… o mailing é do clube, e isso é patrimonio… se os candidatos quiserem enviar correspondencias, que ofrneça para o clube, e não o clube fornecer o cadastro dos sócios…

    o Seu paulo Garcia usou o mailling do clube para enviar correspondencias sobre sua chapa e sobre a sua empresa…

    sou sócio do clube e nunca fiz cadastro na kalunga… como isso aconteceu?

  19. luana

    meus amigos o paulinho nao foi porque tinha no churrasco 5 kilos de moela 4 kilos de pescoco 3 kilos de acen 2 kilos de barriga 5 caichas de cerveja sol e duas caixas de bavaria e uma caixa de papelao vazia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: