Advertisements

Coluna do Fiori

fiori_g.jpg

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.br   Email: caminhodasideias@superig.com.br

 

CORINTHIANS X SANTO ANDRÉ

O árbitro Ricardo Marques Ribeiro (MG) em meu entender teve fraquíssima atuação. Durante o transcurso da contenda ocorreram vários lances faltosos, muitos a sua frente e nada de arbitrar, deixou de marcar pênalti a favor do Corinthians.

PORTUGUESA X CORITIBA

Wilson de Souza Mendonça (PE) atuou de maneira displicente, acredito que esteja fora de forma, não acompanhou as jogadas, como também deixou de marcar faltas claríssimas, estes aspectos não intervieram no resultado. 

GOIÁS X INTERNACIONAL

Sálvio Spinola (SP) em cujo trabalho não confio, por ser extremamente político. Como sempre, ou na maioria das vezes em que atua, apresentou trabalho duvidoso, principalmente no lance em que marcou pênalti do defensor do time de Goiás, Ricardo Lopes em cima do atacante Thiago Feltri do Internacional, sua sorte foi o desperdiçar da cobrança pelo defensor do Inter Iarley.

FLAMENGO X ATLÉTI CO-MG

Paulo César de Oliveira (FIFA-SP) arbitrou com normalidade, aos 43 minutos interpretou como toque sem intenção o lance cometido pelo defensor Serginho do Atlético, dentro de sua área.

ATLÉTICO-PR X FLUMINENSE

Carlos Eugênio Simon (FIFA-RS) acertou nos cartões mostrados, como também na marcação das penalidades máximas.

FUTEBOL INTERNACIONAL

ARGENTINA X URUGUAI

Carlos Torres (FIFA-PAR) teve péssima atuação, principalmente na segunda etapa quando o pau comeu solto, jogadas violentas, com tentativas de quebrar perna, insultos ao árbitro e nada de cartão vermelho. Foram distribuídos dez cartões amarelos, cinco para cada seleção, numa clara demonstração do caráter do árbitro Carlos Torres, este comportamento é conhecido por muitos de nossos árbitros, tanto do ontem quanto do hoje, uns traindo outros, porem, todos se locupletando com dirigentes e com políticos dos diversos matizes partidários.

Lá como cá, apadrinhados há, estes, chegam ao grupo internacional trocando favores e, ascendendo vela pra DEUS, o Diabo e para o Talvez. Faz-se necessário um banho de cândida na administração do futebol mundial, tanto nos dirigentes, quanto na arbitragem.

CONAF

Onde andam os dirigentes desta entidade, não os vi tomando qualquer posição diante das fraquíssimas atuações de muitos dos seus subordinados, parecem imitadores do Não sei, Não vi e Não ouvi.

CHICÃO

Consternado, tomei conhecimento do transpor deste para outro plano do ex-jogador de futebol Chicão, o conheci, não foi covarde, nunca fugiu das divididas, Chicão é merecedor do verdadeiro minuto de silêncio, descanse em paz grande guerreiro.

Sim, este guerreiro, encarou os argentinos na Copa de 1.978, mostrando-lhes em plena Argentina: Quem bate toma.

POLITICA

Lamentavelmente a renovação na Câmara Municipal de São Paulo, foi detestável, reelegemos políticos habituados a conceder Titulo de Cidadão Paulistano para os amigos, jornalistas, radialistas, etc e tal, num claro desrespeito a todos nós.

Renovamos mandatos cujos titulares, possivelmente, são ou foram cabeças de grilagem de terras, comandam verdadeiros currais eleitorais em vários setores de nossa sofrida cidade, cada imóvel popular construído, faz chegar a nossa metrópole, dezenas de parentes e amigos dos felizardos. Faz-se necessário que tanto Marta, quanto Kassab, participem aos governantes dos demais municípios do estado e do país, que toca aos mesmos, desenvolverem seus municípios conforme a cultura local, com construção de escolas técnicas nas respectivas áreas, hospital e todos os elementos para que os jovens venham a fincar raízes, assim ocorrendo, estaremos desenvolvendo racionalmente este Brasil, brasileiro.

Relembrando que votei e votarei em Kassab, porem não consigo entender o porque de não assumir que secretariou no governo Pitta, nada de se omitir ou renegar, diga exatamente o papel que executou e fim de papo.

Acorda, Brasil.

As opiniões postadas neste espaço são de minha inteira e total responsabilidade e publicadas pelos blogs:

blogdopaulinho.wordpress.com

pitacosdobodaum.zip.net

Facebook Comments
Advertisements

6 comentários sobre “Coluna do Fiori

  1. CONTRA A IMPUNIDADE

    Precisamos lembrar ao senhor Paulinho, dono do blog, que nós torcedores e trabalhadores que pagam impostos e suas contas em dia; nós que participamos de eleições e tentamos nos fazer representar da melhor maneira possivel, estamos INDIGNADOS com a demora referente ao processo de apuração e punição dos responsáveis pelo caso do gás na semi-final do campeonato paulista de 2008.
    Mesmo após o JORNAL LANCE ter divulgado que durante as escutas telefônicas no caso da máfia dos ingressos, foram encontradas/criadas provas ( gracações de conversas ) do envolvimento de torcedores e dirigentes da Sociedade Esportiva Palmeiras, estranhamente notamos “morosidade” no processo.
    Gentilmente solicitamos ao caro jornalista, que nos informe, cobre, investigue.
    Nós não queremos de forma alguma ter gente desta espécie vestidos de representantes mascarados de pessoas de bem em nosso meio.

    QUE SE INVESTIGUE, QUE JULGUEM E PRINCIPALMENTE QUE PUNAM OS RESPONSÁVEIS.

    NÃO A IMPUNIDADE !!!

  2. Denilson Martins

    Fiori, que tal comentar as propagandas apócrifas de Marta, defamando o Kassab, e as propagandas oficiais onde ela questiona a vida pessoal dele de forma rasteira?

    Sempre leio suas colunas, parabéns.

  3. euclydes zamperetti fiori

    Caro senhor Denilson Martins, grato pr acompanhar minhas humildes, porém, sinceras opiniões, sobre futebol e politica, quanto as propagandas apócrifas, tenho comigo q. as mesmas e em qualquer assunto, são postadas por covardes q. se escondem no anonimato ou em nomes ficticios.
    Acorda, Brasil

  4. Leopoldo Alves

    Caro Fiori,
    Quero parabenizá-lo pela matéria postada, está equilibrada, e coerente por cobrar – seja lá de quem for eleito, políticas que tenham relevância e que priorizem o bem comum. Isso tem que estar acima de tudo.

    Até mesmo a forma que declarou seu voto, no estilo “Fiori por Fiori” foi de forma respeitosa com relação aqueles que fizeram e fazem outra opção. As diferenças de opinões são importantes para o debate e o exercício da democracia.

    Da mesma forma que fui crítico anteriormente, não poderia deixar de dizer que apreciei essa matéria. Nada mais justo!

    Abraços,

    Leopoldo

  5. Edison Alves

    Fiori vc que é um batalhador das coisas certas poderia investigar o que foi publicado no site futebol interior abaixo

    São Paulo, SP, 23 (AFI) – Criada para ajudar e organizar a profissão do árbitro de futebol, a Coafesp – Cooperativa dos Árbitros de Futebol Profissional do Estado de São Paulo – não tem feito seu papel. Presidida pelo Tenente-Coronel (reformado) Silas Santana (foto), a entidade tem ferido seu próprio estatuto ao não realizar a prestação mensal de suas contas.

    Segundo o estatuto da Coafesp, em seu artigo 38, no parágrafo quarto, relata que o Conselho Fiscal da entidade deve reunir-se, ordinariamente, uma vez por mês e, extraordinariamente, sempre que necessário, com a participação, de no mínimo, três de seus membros, lavrando-se a ata de suas deliberações. Isso não tem ocorrido.
    De acordo com algumas informações, o escritório de contabilidade que administra as finanças da entidade, a Cervix, estaria cobrando documentos fiscais desde a última prestação de contas, o que ocorreu no dia 8 de julho do corrente ano. Portanto, ferindo o artigo 38, parágrafo quarto do estatuto.

    Mais irregularidades
    O Conselho Fiscal da Coafesp está totalmente irregular. Na primeira reunião extraordinária realizada pela entidade, em meados deste ano, o presidente do Conselho Fiscal na ocasião, Sálvio Spínola Fagundes Filho, entregou sua carta de demissão. Este fato obrigaria uma nova eleição para escolher seu substituto, o que não ocorreu deixando o Conselho sem presidente.

    Não é a primeira vez
    Esta não é a primeira vez que a Coafesp comete irregularidades ferindo seu estatuto. No início do ano, quando da disputa dos campeonatos estaduais, o dinheiro de pagamento da arbitragem era repassado pela Federação Paulista de Futebol com quase uma semana de antecedência para a entidade, mas esta atrasava o pagamento em até duas semanas ou mais para os árbitros.

    De acordo com o Estatuto do Torcedor, todo árbitro de futebol tem que entrar em campo já com seus vencimentos pagos, o que não estava ocorrendo. Alguns faziam cinco ou seis jogos e recebiam de forma parcelada em duas ou três vezes.

    Presidente viajandão
    O presidente da Coafesp, Tenente-Coronel Silas Santana, enquanto não cumpre o que manda o estatuto da entidade vive viajando pelo Estado e pelo País. Entre os dias 8 e 12 de outubro, esteve em São José do Rio Preto visitando parentes e aproveitou para assistir uma partida na cidade de Mirassol. Aproveitando este fato, ele apresentou recibos de despesa para a Federação Paulista de Futebol visando receber o dinheiro gasto de volta.

    Nesta semana, Silas Santana está viajando novamente. O presidente da Coafesp está neste momento em Fortaleza (CE) e só deve retornar na próxima semana. Enquanto isso, a Cooperativa segue sem rumo e sem um presidente competente no poder. Seria um bom momento para o Ministério Público pedir uma auditoria e ver se está sendo cumprido o estatuto do torcedor e o estatuto da entidade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: