Advertisements
Blog do Paulinho

Vai pra casa, Kaká!

Por Roberto Vieira

http://oblogdoroberto.zip.net/

A seleção brasileira é uma utopia. Só existe nas mentes encaracoladas da CBF.

A seleção brasileira já não joga no Brasil. Já não treina no Brasil. Já não mora no Brasil.

O verde e amarelo é apenas uma jogada de marketing.

E se a seleção principal é uma utopia, a olímpica é uma abstração.

O futebol mundial nunca compreendeu os ideais do Barão de Coubertin. Aliás, aqueles mais chegados ao Barão vão mais longe: Nem o Barão sabia muito bem que ideais eram esses.

Há 80 anos o futebol rompeu as amarras da hipocrisia e se declarou independente. Profissional.

Decidiu seguir seus próprios ideais. Criou a Copa do Mundo.

E ao romper as amarras do Barão, o futebol tornou-se o rei dos esportes. Pra felicidade geral da nação.

Porque se você imagina que o futebol é corrupto, é porque você não conhece as Olímpiadas.

O Comitê Olímpico compactuou com Hitler da mesma forma que compactua com os herdeiros do Massacre da Praça da Paz Celestial.

O Comitê Olímpico vive falando em Jesse Owens, mas Jesse Owens voltou pra casa e foi viver na miséria.

O Comitê Olímpico fechou os olhos ao doping dos países da Cortina de Ferro, subtraiu as medalhas de Jim Thorpe e ignorou o apartheid.

Quando percebeu que estava perdendo dinheiro, o COI se rendeu ao profissionalismo em 1992.

Candidamente, na maior cara de pau.

Kaká será pai pela primeira vez esse ano. Mais ou menos na época dos Jogos Olímpicos.

O Brasil não precisa de Kaká. O filho(a) dele sim!

Sem a medalha de ouro olímpica, Kaká estará na companhia de Garrincha, Pelé, Di Stefano e Maradona. Nada mal.

O último grande gênio do futebol que ganhou uma medalha de ouro olímpica foi Ferenc Puskas.

Puskas que foi saudado como herói nacional em 1952.

Puskas que foi apedrejado dois anos depois quando perdeu a Copa do Mundo.

É por essas e outras que qualquer Dalai Lama mais ajuizado aconselharia ao pebolista cristão:

‘Vai pra casa, Kaká!’

Facebook Comments
Advertisements

7 comentários sobre “Vai pra casa, Kaká!

  1. alessandro

    Mas qdo era pra conseguir projeção no exterior em busca de uma transferência milionária e Kaká estava sempre disposto né?

  2. Thiago

    Engraçado… Semana retrasada, assisti o programa Canal Livre da rede Bandeirantes e o entrevistado era o Ricardo Teixeira. Questionado sobre o tempo que está frente à CBF, ele respondeu o seguinte “A CBF é uma empresa privada”, houveram mais alguns poucos questionamentos sobre isso, o que acho um absurdo, como pode a CBF ser privada.
    Sendo assim, ninguém de fora tem o direito de meter o bedelho, nem mesmo se o Kaká é convocado por causa da Adidas ou o Ronaldo por causa da Nike, e por aí vai. A empresa decide o que é melhor para ela e dane-se o resto…

  3. Pedro Neller

    Kaká é um belo jogador….mas compará-lo com Garrincha, PeLé, Di Stefano, Maradona…????…..menos né gente…bem menos…

    Sobre a seleção nem quero falar…faz tempo que não acompanho mais….

  4. Uilliam

    KA KA KA KAaaala a boca vai…. pergunta se algum desses genios teve que pagar treinador de base pra poder treinar…. aqueles sao craques….Kaka eh um pre-fabricado….o ultimo genio do futebol arte foi Zidane….

  5. Terencio Trindade

    Muito Boa. Uma visão mais realista das coisas sem ser politicamente correto. Chutou o Balde.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: