Advertisements

Moleza no Pacaembu

 

O esquema de facilitação no Pacaembu continua a todo vapor.

Mesmo com a queda de José de Assis Aragão, ex-administrador, que foi indiciado por suspeita de corrupção e má administração, em processo que rendeu 5.000 páginas e que nunca teve sua conclusão mostrada para o publico por causa de um absurdo “sigilo administrativo”, que contou com o estranho apoio do deputado Aldo Rebelo.

Lembrando sempre que o dinheiro do Pacaembu é oriundo de nossos impostos.

Fiquei sabendo de que maneira os clubes que utilizam o estádio quitam sua dividas com a Prefeitura.

Taxas e outras despesas deveriam ser depositadas em conta oficial do órgão ou quitadas através de cobrança emitida pela secretaria.

Nem sempre é feito dessa maneira.

Em algumas ocasiões, na maioria delas, o clube deposita o dinheiro em contas de fornecedores de serviços do estádio.

Por exemplo: Sua empresa reformou e pintou os vestiários do estádio.

Vira credora da Prefeitura.

O clube deposita o valor devido a Prefeitura em sua conta, e você fornece a quitação do debito para a secretaria especifica.

Claro que esse tipo de negociação é facilitadora para uma “possível” prática de ilícito.

Parece que só mudaram as moscas…

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “Moleza no Pacaembu

  1. euclydes zamperetti fiori

    Salvo engano este setor é comandado pelo partido do “ilibado” Aldo Rabelo, conforme rumores e pelo seu calar é o principal defensor do Aragão.
    Acorda, Brasil.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: