Advertisements

Da Cooperfiel à WTorre

Por Roque Citadini

http://blogdocitadini.blog.uol.com.br/

Nos últimos meses, uma significativa parte do noticiário esportivo e corinthiano foi ocupada por dois projetos para a construção de um estádio alvinegro.

O primeiro é chamado Cooperfiel, que pertencia a um grupo de torcedores, que se organizaram para construir um estádio corinthiano. Recebeu apoio significativo dos fãs, que diziam que a Direção do Clube era incompetente para consolidar o projeto, deste modo, seriam os torcedores que tomariam a iniciativa de, somente por eles, e, construírem a arena. Muito espaço foi ganho na mídia, TV, rádio, internet, blogs e sítios.
O projeto seria desenvolvido e financiado pelos próprios torcedores, mantendo-se mediante contribuições mensais. Até Dirigentes do Clube chegaram a aderir ao projeto. Neste blog não foram poucos os que cobraram um claro apoio ao que era feito pela Cooperfiel. Com a cautela de sempre, com que trato esta matéria, mesmo vendo uma generosa dedicação ao Clube por parte dos torcedores, sempre procurei analisar com frieza tal empreendimento. Ainda que o amor dos torcedores seja grande pelo Timão, o auto-financiamento da obra e sua execução fora de propriedade do Clube, pareciam-me empecilhos. Assim como apareceu, virou notícia, sumiu da mídia ultimamente. Não tenha a menor idéia sobre em que pé esteja.

Um segundo projeto para construção de estádio, que muito destaque da mídia recebeu nos últimos meses, foi o tal Projeto WTorre. Dizia-se que o empresário citado comprara o terreno e que seu empreendimento seria a “custo zero”. Igualmente muito destaque obteve em rádio, TV, revistas esportivas. Por aqui também muitos blogueiros andaram me cobrando por que não apoiar prontamente a iniciativa de WTorre. Como escrevi nos posicionamentos, sempre afirmei ser anti-capitalista a idéia de se construir um estádio de graça para o Corinthians, a “custo zero” como destacavam os envolvidos.
Diferente do projeto Cooperfiel, idéia trazida por torcedores, o projeto Walter Torre era apresentado por alguns Conselheiros do Clube.
Assim como o primeiro, construído com recursos dos torcedores, o segundo seria erguido sem que o Clube precisasse arcar com qualquer compromisso financeiro.

Como no caso do empreendimento da torcida, o segundo, do super empresário Walter Torre, de uma hora para outra, desapareceu do noticiário, restando somente tímidas notas jornalísticas, relatando que o empreendedor vendeu o terreno que se destinaria ao estádio.
Por estas e outras, quando o assunto é construção de estádio, devemos tratar com muita cautela e sob a máxima de Friedman: “No Capitalismo, não há almoço grátis.”

Facebook Comments
Advertisements

6 comentários sobre “Da Cooperfiel à WTorre

  1. Vandelei

    Caro Roque,
    Você está enganado, os alicerces da construção foram muito bem assentados. É só ler o conteúdo dos sites de relacionamento, onde a torcida exulta os feitos da atual diretoria, e lhes jura eterno amor.
    Outro dia, um conhecido porta-voz da Gaviões, que é frequentador “all time” do PSJ (desocupado), disse que o Presidente está empenhado em construir o estádio, e os opositores “só querem, é fazer política”.
    Vem aí, A Revolução dos Bichos…

    Paulinho: Seu comentário é perfeito

  2. JORGE

    O estadio do Corinthians se sair durante o mandato da atual diretoria sera motivo de vergonha e nao de orgulho.As pessoas envolvidas no projeto apresentado sao da pior qualidade,por que nao se faz uma concorrencia publica,e tao complicado assim ou acabaria com as comissoes.

    Um estadio e vital para o futuro do clube e deveria ser tratado pela comissao que auto afastou-se do projeto.O problema e que na comissao so tinha gente seria,ahh se eles podessem comandar o Timao,Manuel Felix,Eduardo da Rocha Azevedo e Ibrahim Eris ,seriamos em pouco tempo o Barcelona das Americas,Acorda Corinthians.

    Paulinho: Exatamente

  3. Carlos Rocco

    O Corinthians de imediato tem que pensar como sanar sua imensa divida, depois pensar em estádio.
    Mais acredito que os homens que dirigem o clube não pensam dessa forma.
    Pura incompetência….!!

    Paulinho: Concordo

  4. Divanio

    Paulinho,

    Você saberia dizer quais foram os valores monetários arrecadados com as
    contribuições dos torcedores?

    Paulinho: Dificil saber, não houve transparencia

  5. Jarbas

    Segundo li, em um comentário nesse proprio post, no blog do Citadini, ele afirma que há grandes possibilidades, sim de sair estádio, vinculado a Copa do Mundo, respondendo a uma pergunta de um torcedor, e que o clube não vai entrar em aventuras. Disse que há varios interessados sim.

  6. Acir vicente ferreira

    sou pre candidato a vereador vou convocar uma comiçao para juntarmos corinthianos de nossa cidade vou lançar uma ideia uma pre para construir nosso estadio aqui no parana porque sao paulo parece que nao tem corinthiano so magnatas que se dizem corinthianos mas nao se unem minha empresa ainda vai ser patrocinadora do timao o nome do estadio sera Com
    letras maiusculas (VICENTE MATEUS )

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: