Entraram em vigor as novas regras, determinadas pela FIFA, para pagamento de comissionamentos a agentes de jogadores.

Em síntese:

  • se o jogador acertar salário de R$ 1 milhão por ano (menos de R$ 100 mil mensais), a comissão paga pelo clube que está comprando não poderá ultrapassar 3%;
  • se o salário for abaixo de R$ 1 milhão ao ano, o clube comprador pagará 5%.
  • em qualquer situação, o clube vendedor arcará, no máximo, com 10% ao intermediário

Qualquer valor acima disso é ilegal.

Facebook Comments
Advertisements