Advertisements
Blog do Paulinho

Ponderações sobre o caso de racismo envolvendo Edenilson e Rafael Ramos

Ontem, durante a partida entre Internacional e Corinthians, o jogador Edenilson acusou o lateral alvinegro Rafael Ramos de trata-lo como ‘macaco’.

Após o jogo a policia deu voz de prisão ao jogador.

Sob acusação de ‘injuria racial’ o atleta pagou fiança de R$ 10 mil e responderá o inquérito em liberdade.

Até o momento, não há imagens que comprovem a ofensa.

Inexistem, também, testemunhas.

Não se trata de desqualificar a acusação de Edenilson, nem de ‘absolver’, previamente, o atleta de origem portuguesa, que alegou ter utilizado a palavra ‘caralho’ em vez de ‘macaco’.

Mano Menezes, treinador do Internacional, em entrevista coletiva, ao ser questionado sobre o caso, pareceu desconfiado:

“Cabe ao Edenílson dar continuidade a essa atitude dele, porque é uma atitude, também, bastante séria. Tão sério quanto o falar é você dizer que alguém falou sobre você. Então, vamos esperar que as coisas tomem o rumo que devem tomar”

Os cartolas do Corinthians defenderam Rafael, o que, diante da falta de credibilidade destes, não significa muito.

O acusado chegou a dizer que a preocupação de Edenilson, quando conversou com ele – pós episódio, seria a de ‘passar por mentiroso’.

Depois, porém, o atleta reiterou, com firmeza, as acusações.

Salvo novidades futuras, não há provas de que a ofensa aconteceu.

Nem de que deixou de existir.

Nesse caso, respeita-se o acusador, que, de fato, tanto pode estar dizendo a verdade como ter entendido mal o que foi dito, assim como o acusado, que merece, diante do quadro atual, em que sequer existem testemunhas, o benefício da dúvida.

Facebook Comments
Advertisements

3 comentários sobre “Ponderações sobre o caso de racismo envolvendo Edenilson e Rafael Ramos

  1. Renato

    Fui ver as fotos dos dois jogadores envolvidos no caso. Um é negro e o outro é pardo com feições negroide.
    Falam que racismo de negro contra branco não existe(!), mas racismo de negro contra negro existe…

  2. Teresinha Mohr Winter

    Eu acredito no Edenilson. O que acontecerá a esse jogador em seu grupo, se há também atletas negros? Como ficarão essas relações? Pois é.

  3. Teresinha Mohr Winter

    Existem toda sorte de preconceitos. As pessoas têm ideias distorcidas sobre si mesmo. Querem ser o que os OUTROS pensam delas e não o que são. A raça humana não é solidária, nem “bondosa”, é má e não quer ser igualada a nada, quer ser diferente, quer sobressair, e pra isso pisa em cima de qualquer um.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: