Advertisements
Blog do Paulinho

Receita bloqueia bens de presidenciável do Corinthians por sonegação de impostos

Desde 2005, a Receita Federal tenta receber R$ 90,2 mil (valor atualizado) sonegados por Edgard Soares, conselheiro que já foi candidato a presidente do Corinthians, também conhecido pela propriedade do site ‘Futebol Interior’ – acusado de extorquir profissionais do esporte, e por receber dinheiro do governo Bolsonaro para, entre outras coisas, produzir notórias fake-news.

A execução fiscal é oriunda da 1ª Vara de Taubaté, no vale do Paraíba, em São Paulo.

Todos os bens e contas do publicitário estão bloqueados; alguns penhorados.

No recente 10 de dezembro, a juíza Marisa Vasconcelos oficiou o foro de Tremembé/SP para que penhore outro imóvel do sentenciado, localizado do Residencial Morada do Visconde.

Curiosamente, próximo do presídio que dá fama ao Município.

Soares adquiriu o bem em 11 de junho de 2018 e diz ter pagado R$ 223,6 mil, embora o valor venal, em regra bem menor, seja de R$ 245,9 mil, ou seja, com preço maior, o que pode indiciar possível burla à Receita.

Mais uma.

Recentemente, conforme descrito no primeiro parágrafo, o Blog do Paulinho flagrou, com amplo material comprobatório, Edgard Soares e sua prole embolsando dinheiro (R$ 3,6 milhões) para servir aos interesses do Governo Federal.

Para relembrar, basta clicar no link a seguir:

Empresas ligadas a Conselheiro do Corinthians receberam R$ 3,6 milhões do Governo Bolsonaro para produzir ‘fake-news’

Será socorrido?

Não seria o primeiro, conforme demonstram aproximações recentes de gente bem mais relevante com o facínora do Planalto.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: