Advertisements

Corinthians cede peneira de jogadores ao extenso ‘currículo’ de Marcelinho Carioca

O Corinthians firmou parceria com a Prefeitura de Itaquaquecetuba, numa espécie de extensão do departamento de captação de atletas do clube.

A cidade realizará avaliações com jogadores, que serão repassados ao clube.

Os responsáveis pelo empreendimento são o ex-jogador Marcelinho Carioca, empossado Secretário de Esportes do Município, e seu facilitador, o policial eleito Prefeito, Delegado Eduardo Boigues.

Desnecessário, diante do extenso currículo do afamado ‘pé-de-anjo’, ligado a calotes, acusações de fraudes, etc., discorrer sobre os riscos do Timão.

Marcelinho, além disso, é parceiro comercial do BMG , patrocinador do Corinthians, que mantém enorme interesse no mercado de jogadores, dono que é do Coimbra/MG – equipe barriga de aluguel de agentes ligados a Kia Joorabchian.

O ex-atleta, recentemente, deixou de pagar os horários nas duas rádios em que manteve programa esportivo, apesar de embolsar dinheiro do banco do Mensalão e, dizem, também do cartola André Negão, que participava da atração na condição de comentarista.

Existe também, no MPE, procedimento que avalia possível cometimento de falsidade ideológica de Marcelinho, derrotado nas recentes eleições.

Não bastasse ter as categorias de base sob as ordens do bicheiro Jaça, acolhendo os desejos do intermediário Carlos Leite, agora o Corinthians se amanceba com Marcelinho, de currículo extra-campo semelhante ao do presidente do clube, talvez, por isso, tão bem recebido, conforme revelam imagens postadas, em Instagram, pela dupla infelicitadora do paupérrimo Município de Itaquá.

Sujeito capaz, como ocorreu em passado recente, de declarar apoio, no Parque São Jorge, ao dono da Kalunga, Paulo Garcia e, 24 horas depois, discursar em mesmo teor pelo adversário, Mario Gobbi; ou ainda, nas eleições tradicionais, de, num pleito, pedir voto a Lula e noutro, fazendo ‘merchan’ do BMG, a Bolsonaro, absurdamente opostos, pessoalmente e politicamente.

Esse tipo de ‘parceria’ sugere, ainda mais, que a empresa de compliance, adotada pelo clube, se, de fato, bem intencionada – apesar da ligação antiga com o atual diretor jurídico -, estaria sendo utilizada para dar sustentação ao que, evidentemente, passa ao largo de ser correto.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: