Advertisements

Intermediário bloqueia todos os contratos de patrocínio do Santos

No dia 17 de maio de 2015, o Santos, através do então presidente Modesto Roma Junior, autorizou o intermediário Átila Rodrigues Alves a negociar contratos de patrocínios para a agremiação.

Especificamente com CAIXA, Nissan e Grupo Pão de Açúcar.

Detalhe: o acordo previa que bastaria Átila aproximar o Peixe das empresas, sem a necessidade de trabalhar até o desfecho dos acordos, que seriam tocados pelo Peixe.

A comissão acertada foi de 10%.

Ao final, o Santos recebeu R$ 25.595.107,62, devendo, portanto, o pagamento de R$ 2,5 milhão ao agente.

Os valores, porém, não foram honrados.

Para receber o montante, Átila se viu obrigado a processar o clube, com a Justiça acolhendo sua manifestação.

A dívida, em fase de execução, com juros e demais correções, está avaliada em R$ 3,8 milhões.

Em 08 de junho, todas as contas do Santos foram bloqueadas para tentativa de pagamento ao credor, porém, apenas R$ 3,1 mil foram encontrados.

Na última quinta-feira, a Justiça deferiu pedido do intermediário para que os recebíveis de TODOS os patrocínios do clube fossem bloqueados até total satisfação da pendência.

As empresas, assim que citadas, serão obrigadas a depositar seus pagamentos em juízo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: