Advertisements

Corinthians e site ‘Meu Timão’ pedem mais quinze dias à Justiça para composição de acordo

Em 2020, o Corinthians, por ordem do então presidente Andres Sanches, processou o site ‘Meu Timão’, com quem convivia em harmonia, até então.

O argumento era de que o portal estaria, indevidamente, utilizando-se de marca do clube.

A verdade, obvia, era descontentamento com matérias publicadas no espaço.

Recentemente, Corinthians e ‘Meu Timão’, após a troca de diretoria do alvinegro, solicitaram prazo de 30 dias ao judiciário – que estava para sentenciar o caso, tempo que seria utilizado para composição entre as partes.

Até o momento, não houve acordo.

Esgotado o prazo, na última terça-feira (15), ambos solicitaram prorrogação de mais 15 dias para finalizar as conversas.

Que entraves seriam tão difíceis de resolver em 45 dias?

Talvez venhamos a saber se as tratativas forem expostas, como exige a transparência apregoada pelo presidente do Corinthians em campanha, ou se o portal tiver acolhido seus pleitos, que, soubemos, seriam exatamente de publicidade do acordo e liberdade editorial, que sequer deveria estar colocada em discussão, principalmente entre fornecedor de notícias e o objeto das matérias.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: