Advertisements

A estranha demissão de Alberto Valentim

Alberto Valentim não é mais técnico do Cuiabá — Foto: AssCom Dourado

Ontem (29), logo após o empate com o Juventude, em dois a dois, o Cuiabá demitiu Alberto Valentim, sob circunstâncias absolutamente suspeitas.

O treinador possuía, em dez jogos, sete vitórias e apenas três empates, sem ter sofrido derrotas.

Demiti-lo, nesse contexto, ainda mais com a nova regra de que, no máximo, dois treinadores poderão treinar um clube durante todo o Brasileirão 2021, ou seja, o próximo terá que ser tiro certo e definitivo, demonstraria, em condições normais, profunda irresponsabilidade dos gestores da agremiação.

Mas, nos bastidores, o que se comenta é que tratou-se de passionalidade.

Valentim seria suspeito de envolvimento com a mulher de um diretor, que o teria confrontado, duramente, ainda nos vestiários.

O clube, após a repercussão dessa história, correu para desmenti-la.

Mas, convenhamos, a versão mais verosímil para a demissão de quem venceu sete de dez jogos e nunca saiu derrotado é, exatamente, a de motivações pessoais.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: