Advertisements

CVM investiga empresa de cartola corinthiano após delação da JBS

Pouco antes da virada do ano, a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) foi motivada a investigar detalhes técnicos das auditorias de empresas flagradas em esquemas de corrupção pela Operação Lava-Jato.

O pedido partiu da Superintendência do órgão.

Os procedimentos, segundo informações, prosseguem.

A intenção é saber se as auditoras concorreram para algum tipo de fraude que poderia ter gerado perda gigantesca de recursos ou, talvez, lucro indevido a investidores.

Entre as investigadas está a BDO/RCS, responsável pelo aval das contas da JBS nos anos de 2013, 2014, 2015 e 2016.

Delação premiada dos irmãos Batista aponta para manipulação de números e documentos.

A CVM revelará, em tese, se a BDO, presidida pelo ex-diretor de finanças do Corinthians, Raul Correa da Silva, foi parceira ou negligente na apuração real das movimentações do frigorífico.

Qualquer dos resultados seria terrível para quem sobrevive de vender credibilidade.


Documento comprovando trabalho da BDO/RCS na JBS

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: