Advertisements

MP-SP sucumbe à pressão da FPF e adere ao genocídio

MP recomenda suspensão de atividades religiosas coletivas e jogos de  futebol ⋆ Repórter ABC

Durou pouco o bom senso do Ministério Público que, até ontem, mantinha parecer pela proibição dos jogos de futebol em São Paulo.

A pressão da FPF, que mantém desembargadores, juízes e promotores entre seus próximos, surtiu efeito.

Ao que parece, o procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, entre o futuro da carreira e a vida da população, preferiu salvar a própria pele.

Ontem, novamente, mais de quatro mil pessoas morreram por COVID-19 no Brasil.

Apesar disso, a lista de cúmplices do genocídio só faz aumentar.

A decisão agora do retorno ou não do paulistinha está nas mãos do Governador de São Paulo.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: