Advertisements

Treinadores do Brasil são liderados por negacionista

Em manifestação deplorável, Fernando Luiz Pires, presidente da ABTF (Associação Brasileira dos Treinadores de Futebol), não enxerga motivo para a paralisação dos campeonatos no Brasil, mesmo com o aumento de número de mortos durante a pandemia de COVID-19.

“[A epidemia] tem que ser monitorada, mas não vemos oposição à continuidade das competições”, disse o sujeito à jornalista Monica Bergamo.

Pires adotou, ainda, o discurso Bolsonarista de minimizar os efeitos do virus:

“Fala-se muito das UTIs que estão lotadas. Elas sempre tiveram ocupação quase total, isso é um mal crônico da saúde no Brasil. Agora isso está sendo utilizado para se politizar a pandemia”

Seu perfil em rede social não deixa dúvidas quanto aos pensamentos, com frases típicas dos tempos em que o Brasil foi assolado pela Ditadura Militar, como ‘Brasil, ame-o ou deixe-o”, além doutras postagens supostamente ‘patrióticas’.

Fernando Pires encontrou tempo, durante a sessão de tolices, para detonar o treinador Lisca, do América/MG, que manifestou-se contrário à continuidade do futebol durante o aumento de infecções notório no país.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: