Advertisements

Oposição do Corinthians se une e tem boas chances de eleger o presidente do CORI

Diferentemente do ocorrido nas eleições do Conselho Deliberativo, vencida pelos candidatos da diretoria após fragmentação dos adversários, a oposição do Corinthians parece ter chegado num consenso para indicar os candidatos ao CORI (Conselho de Orientação), dos mais relevantes poderes do clube.

Existe apenas uma divergência com Osmar Stabile, por conta da escolha de um nome rechaçado pela maioria.

A previsão, segundo cálculos dos opositores, se eleitos os membros propostos, é a de conseguir, também, a presidência da casa.

Entra nessa conta a impossibilidade do ex-presidente Roberto Andrade não apenas de votar, mas também de permanecer como membro do CORI, conforme previsão do Estatuto do Corinthians que, em seu art. 90, Parágrafo 4º, revela:

“Os membros do CORI não poderão exercer cargo de Diretoria”

Andrade é diretor de futebol alvinegro.

Especula-se que entre os candidatos situacionistas ao CORI poderiam estar futuros diretores, razão pela qual Duílio ‘do Bingo’, mais de um mês após empossado, ainda não anunciou, nem empossou, a totalidade de seus cartolas.

Se vencerem esse pleito, os opositores alvinegros voltariam, depois de algum tempo, a ter, mais do que relevância, algum poder político dentro de Parque São Jorge.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: