Advertisements

Os quatro covardes da live santista que trataram mulheres como lixo

Live do blog Soul Santista - Reprodução

Em live do Blog ‘SoL Santista’, o energúmeno Sérgio Ramos, que, assim como outros de nível semelhante, infelicitou o Conselho Deliberativo do Santos por alguns mandatos, destilou sua ignorância, preconceito e traços de desvio de caráter a pretexto de criticar o futebol feminino:

“Campo de futebol não é lugar de mocinha. Mocinhas no campo de futebol são aquelas que a gente enche de porrada e tira de lá, porque não têm que estar lá. Futebol feminino é um lixo. Não assisto uma porcaria dessa de jeito nenhum”

“Eu sou incorreto. Eu teria futebol feminino no Santos porque é obrigado. Eu iria no Bahamas, pegaria um time no Bahamas, colocaria uniforme bem coladinho. E diria para não encostar na bola, poderiam apanhar de 50 a 0 todo jogo. E eu garanto que os torcedores de todos os times torceriam para meu time do Bahamas”

Porém, há grande equívoco em quem critica apenas ele por essa triste apresentação Neandertal.

Os demais participantes, Fabiano Reis (atual conselheiro), Ian Rocha e Wagner Dias, em vez de recriminá-lo ou até expulsá-lo do bate-papo, limitaram-se a rir do episódio, em aparente concordância com o teor dos absurdos.

No mínimo, covardes.

Apesar de fora do ambiente do clube, o Santos tem obrigação de, mais do que se posicionar, punir essa gente, amparado, estatutariamente, no item que fala a respeito de prejudicar a imagem agremiação: três deles estavam trajados com o uniforme alvinegro.

Ninguém merece conviver com tamanha desqualificação.

Nem mesmo a família deles, que deve ter em seus quadros mulheres valorosas, indiretamente afrontadas com tamanha estupidez.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: