Advertisements

Caso Breno Lopes revela incompetência jurídica e administrativa do Palmeiras

Se boa parte do público desconhecia pormenores do regulamento para a inscrição de jogadores para o Mundial de Clubes da FIFA, o mesmo não se poderia dizer da diretoria do Palmeiras.

Em tese, a bem da verdade.

Porque, na realidade, ao que parece, ninguém se prestou a ler a documentação, num comportamento absolutamente irresponsável.

Se tivessem conhecimento, desde algum tempo poderiam estar dialogando com a FIFA para aventar, em composição política com as demais equipes, a possibilidade de inscrição não apenas de Breno Lopes, decisivo em jogos recentes da agremiação, mas de outros atletas do elenco.

O jurídico teria como avisar a diretoria da impossibilidade, antecipando o procedimento de aproximação.

Agora, nada mais há para ser feito.

Até mesmo, caso o clube não optasse por negociar com a entidade, a decepção de Breno, sabedor por mensagens de familiares (que informaram-se pela imprensa) da necessidade desfazer as malas, já prontas, para a viagem internacional seria minimizada se, de antemão, estivesse ciente, desde três meses atrás, da impossibilidade de disputar o torneio.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: