Advertisements

Clientes da ‘Feirinha da Madrugada’ de Campo Limpo Paulista e até imobiliária sofrem calotes de empresário acusado de estelionato

Após a previsível não abertura da ‘Feirinha da Madrugada’ em Campo Limpo Paulista/SP, projeto com cara de golpe encabeçado por Diego Agiani, vulgo ‘Di’, dezenas de compradores de boxes (fala-se em 60) pediram o dinheiro de volta.

De R$ 15 a R$ 20 mil, cada um.

Diego prometeu a todos que depositaria os valores até a última sexta-feira (15).

Obviamente, não o fez.

Desesperadas, as vítimas procuraram a imobiliária que intermediou o acordo e descobriram que haviam rompido com Diego, também por conta de calote (R$ 10 mil).

Receberam a informação, ainda, de que os valores tomados à título de adiantamento, sob promessa de utilização na construção dos boxes, em verdade, foi embolsado.

Provavelmente, ao perceber que o clima estava ‘pesado’ e poderia dificultar a cooptação de novas vítimas, inclusive com possibilidade de inquérito policial, Diego decidiu depositar R$ 1 mil na conta de alguns, solicitando, espertamente, nova extensão de prazo.

Talvez a única maneira, se não de reaver o dinheiro, que parece, de fato, perdido, mas de punir os possíveis golpistas, impedindo que mais pessoas sejam prejudicadas, seria a motivação do Ministério Público, que tem em mãos diversas acusações de ‘estelionato’ contra o ‘empresário’


Abaixo áudios de uma das vítimas detalhando o calote e outras informações preocupantes sobre Diego Agiani e sua ‘Feirinha’:

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: