Advertisements

Quando o Brasil terá um Milwaukee Bucks?

Em protesto contra a violência da polícia americana, que baleou Jacob Blake, de 29 anos, sete vezes, pelas costas, diante de seus três filhos e da esposa, por conta da cor de sua pele ser preta, o Milwaukee Bucks decidiu não entrar em quadra para enfrentar o Orlando Magic no quinto jogo dos play-offs da NBA.

Seria o equivalente, comparando a importância dos eventos, ao Barcelona, numa semifinal de Champions, recusar-se a entrar em campo contra o Milan.

Por aqui, dezenas de casos idênticos ao ocorrido na terra do Tio Sam são ignorados, diariamente.

As vítimas, em regra, possuem perfil idêntico.

Muitos dos nossos jogadores de futebol, talvez a grande maioria, quando em inicio de carreira, passou por apuro semelhante ou teve alguém próximo com os direitos ultrajados, vítimas de racismo.

Nem todos devem ter sobrevivido.

É por conta dessa experiência, tão palpável no Brasil quanto nos EUA, que é inaceitável o silêncio dos atletas, representantes do sonho de muitos jovens que saem de casa pela manhã, mas não sabem se chegarão inteiros ao final do dia, ainda que, provavelmente, coagidos pela cartolagem branca, insensível à realidade que não os aflige.

Se quem pode, por conta da exposição, fazer a diferença na luta contra a violência racial se entrega ao sistema, que esperança terão as vozes e corpos de quem, por eles, tem a admiração de ídolos, mas são abandonados quando em desespero?

Advertisements

Facebook Comments

3 comentários em “Quando o Brasil terá um Milwaukee Bucks?”

  1. Porque a democracia americana é madura. Enquanto aqui se exalta uma ditadura e o povo é estúpido. O que acontece nos EUA é reflexo do famigerado Trump, que quer arrastar o mundo pra destruição. O lesa pátria do Bolsonaro bateu continência para a bandeira americana, devia estar na cadeia por causa disso. Já o Trump é um psicopata, cuja politica faz 4 bilhoes de pessoas passarem fome no mundo. Bolsonaro e Trump são uma ameaça mundial e pra seus próprios países.

  2. Se uma pessoa de qualquer cor de pele se recusa a obedecer ordem policial de se deitar no chão tendo uma arma apontada pra si, se dirige ao veículo tentando pegar uma faca para atingir o policial, qual deveria ser a atitude do policial??? Ficar parado pra ser esfaqueado ou dar um tiro no bandido para imobilizá-lo??? A resposta é óbvia, o resto é mimimi…. Quanto ao atletas, bastou os dirigentes ameaçarem o lado mais sensível dos atletas, o bolso que tudo voltou ao normal. Dirigentes da NBA falaram grosso e botaram o porrete na mesa, disseram que tinham contratos a cumprir, se atletas não entrassem em quadra seriam dados WO´s e as multas seriam abatidas das premiações das equipes e dos jogadores que se recusarem a entrar em quadra, Os valentões colocaram os rabinhos entre as pernas e entrarão em quadra hoje.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: