Advertisements

Provas de que Martorelli utiliza Sindicato de Atletas em proveito pessoal

Rinaldo Martorelli e Marco Polo Del Nero

Há algumas décadas, o Sindicato de Atletas Profissionais do Estado de São Paulo tornou-se feudo do ex-goleiro Rinaldo Martorelli, com a conivência dos jogadores que pouco ou nada fazem para impedir o atual estado das coisas.

Dentre as promiscuidades, está o fato da entidade utilizar os serviços advocatícios de Guilherme Tavares Martorelli, filho do presidente.

Mas não apenas isso.

Guilherme acaba de ser empossado, por indicação do SAPESP, membro do pleno do TJD:

Posse de Novos Membros no Pleno do TJD

Participou, também, na condição de representante do Sindicato, de reunião na FPF para retorno do futebol em meio à pandemia de COVID-19.

https://futebolpaulista.com.br/Noticias/Detalhe.aspx?Noticia=15434

E, se não bastasse isso, mantém, na sede do SAPESP, escritório particular de contabilidade, advocacia e até do IBRADESPOR (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Sócio Esportivo), do qual figura como presidente.

Há quem suspeite que, em todas as atividades descritas, seria mero preposto de Rinaldo Martorelli.

Para comprovar a utilização do Sindicato em serviços particulares dessa turma, o Blog do Paulinho teve acesso aos documentos que embasam uma ação judicial promovida por dois torcedores contra o Palmeiras e a WTorre.

A indenização solicitada é de R$ 100 mil.

Detalhe: não se tratam de jogadores, nem ex-atletas de futebol.

Ainda assim, estão sendo assessorados por Guilherme Martorellli, desde a sede do SAPESP, com direito a utilização de papel timbrado do Sindicato para confecção da inicial processual, da procuração e até de declaração de pobreza.

 

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: