Advertisements

Palmeiras supera Corinthians e conquista o Campeonato Paulista pela 23ª vez

O Palmeiras nem precisava se esforçar muito para superar o fraquíssimo time do Corinthians, por um a zero, na final do Paulistinha..

Desde a parada do campeonato, por conta da pandemia, o Timão, que corria risco de cair para a segunda-divisão, engatou uma sequência de três vitórias, mais por conta de falhas grotescas dos goleiros adversários do que pela qualidade – que é nenhuma – de seu futebol.

Ou seja, chegou à final por puro acaso.

Depois de um primeiro jogo em Itaquera dos mais lastimáveis, o que se via na etapa inicial do embate decisivo era quase um ‘video-tape’, com apenas uma boa defesa de Cássio em batida na pequena área de Willian a ser destacada.

Para sorte do Verdão, porém, aos 3 minutos do período final, Viña acertou ótima cruzamento pela esquerda, na cabeça de Luiz Adriano, que, com perfeição, abriu o marcador.

Precisando, ao menos, empatar a partida, dava dó ver um Corinthians sem força, nem criatividade para superar um adversário, se tanto, mediano.

Até que, aos 50 minutos, num lance lotérico na área, Jô protegeu a bola com o corpo, driblou para a esquerda e foi derrubado na área por Gustavo Gomes.

Um pênalti inacreditável, no último segundo da partida.

Jô, com perfeição, dois minutos depois, levou a final para as penalidades.

Michel bateu e recuou para Weverton.

Cassio defendeu e nem deu rebote na batida de Bruno Henrique, que também cobrou mal.

Danilo Avelar no canto esquerdo, 1 a 0 Corinthians.

Rafael Veiga, bola num canto, Cassio no outro, 1 a 1.

Weverton, espetacular, defendeu batida forte, mas mal colocada, de Cantillo.

Scarpa bateu no meio do gol, Cassio permaneceu parado e a bola passou embaixo de sua mão, 2 a 1

Sidcley bateu bem, no canto oposto do goleiro, 2 a 2.

Lucas Lima, também no meio do gol, passando embaixo de Cássio, 3 a 2 Palmeiras.

Jô, no canto alto esquerdo, 3 a 3.

Patrick de Paula, com 20 anos, mas com a maturidade de quem foi revelado na ‘Copa das Favelas’, acertou o ângulo esquerdo de Cássio e garantiu o título palestrino.

Em análise sensata, esse time do Palmeiras precisará evoluir muito para almejar os objetivos mais relevantes que estão por vir.

Motivação, agora, não faltará.

Pior sorte, ao que parece, espera o Corinthians, que perdeu a chance – caída no colo, de vencer o único campeonato possível neste ano, e é candidatíssimo a disputar as últimas colocações do Brasileirão 2020.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: